Mais do que você gosta.

Publicidade

Forte crítica

Astro da DC revela a sátira de The Boys que você não percebeu

Série do Amazon Prime Video novamente cai em cima das grandes corporações

Publicado por Redação

01/07/2022 09:04

Alerta de spoilers

A terceira temporada de The Boys segue fazendo contundentes críticas à sociedade, mas uma delas muitos podem ter deixado passar e está relacionada a uma briga de astro da DC com a presidência da Warner.

No final do episódio Herogasm da terceira temporada, Luz-Estrela revelou sua identidade secreta para o mundo e expôs a Vought e o Capitão Pátria por corrupção em uma transmissão ao vivo no Instagram.

Continua depois da publicidade

Nas redes sociais, o Capitão Pátria soltou uma declaração em nome da companhia, tentando desacreditar as acusações da heroína, observando que elas “de forma alguma refletem a Vought International como um todo”.

Além disso, disse que a empresa estaria usando “todo o poder do sistema jurídico estadunidense para combater essas alegações espúrias”.

A declaração continuou chamando Luz-Estrela de “uma caçadora de glória” e alegando que ela “ficou histérica de raiva”.

Veja a declaração abaixo.

Astro da DC joga lenha na fogueira

Depois que a declaração foi publicada nas redes sociais, Ray Fisher, o Ciborgue de Liga da Justiça, apelidou a declaração de “The Hamada Special” (o especial Hamada), fazendo referência à disputa em andamento do ator com a Warner Bros, citando Walter Hamada, presidente da DC Films.

Fisher acusou o diretor Joss Whedon, que assumiu a direção de Liga da Justiça de Zack Snyder, de comportamento “nojento, abusivo, não profissional e completamente inaceitável” no set do filme. O ator mais tarde expandiria essas acusações, que também incluiriam o produtor Geoff Johns.

Depois de tornar esses comentários públicos, Fisher afirmou que Hamada ligou para ele e pediu que ele retratasse suas declarações.

“Recebi um telefonema do presidente da DC Films em que ele tentou jogar Joss Whedon e [produtor] Jon Berg debaixo do ônibus na esperança de que eu cedesse a Geoff Johns”, disse Fisher na época, cujas acusações levaram a WarnerMedia a lançar uma investigação sobre os eventos que ocorreram no set da Liga da Justiça de Whedon .

A investigação foi concluída com a Warner Bros. anunciando que nenhuma evidência de abuso foi encontrada. Fisher continuou a pedir uma investigação independente, enquanto Whedon, Johns, Berg, Hamada e o ex- presidente do Warner Bros. Motion Picture Group Toby Emmerich negaram as alegações de Fisher.

The Boys tem duas temporadas completas no Amazon Prime Video. O terceiro ano está em exibição, com novos episódios lançados às sextas-feiras.

Sobre o autor

Publicidade