Mais do que você gosta.

Publicidade

Bateu o pé

Ator de The Walking Dead se recusou a dizer fala de seu personagem

Tom Payne acredita que fala não condizia com o personagem

Publicado por Guilherme Coral

30/03/2022 08:49

Tom Payne interpretou Jesus em The Walking Dead, mas acabou encontrando um triste fim. O astro revelou ter recusado dizer uma fala em uma cena da série.

Durante uma recente aparição no painel da Fandemic Tour Atlanta, Payne revelou que ele se opôs a dizer a linha concordando com o plano vingativo de Maggie para assassinar Negan na oitava temporada, quando ela já era líder de Hilltop.

“Houve um momento no final da 8ª temporada, quando [Maggie] está tipo, ‘Eu vou me vingar de Negan.’ Eles queriam que eu dissesse ‘Sim, nós vamos'”, disse Payne.

“Passei a temporada inteira sendo meio que anti-assassinar Negan, e anti-lutar com as pessoas. Então Norman sai das sombras e diz, ‘Sim. Nós vamos.’ Eu simplesmente me recusei a fazer isso. Eu não disse a fala”.

A entrega da linha de Payne foi mais provisória e “meio que apoiando”, mas no corte final, Jesus só concorda com a construção de Hilltop.

“Eles cortaram isso e depois me mataram na próxima temporada”, disse Payne com uma risada. “Mas foi muito difícil para mim, e eu disse a eles na época: ‘Eu não vou mentir. Não posso mentir na câmera, porque você vai saber’. Passei a temporada inteira sendo contra a guerra e contra [matar], e por mais que meu personagem apoiasse Maggie, senti que era uma coisa um pouco estranha para ele fazer”.

Ele acrescentou: “Eu não poderia fazer isso de verdade como ator, e simplesmente me recusei. Então eles cortaram isso.”

Número de pessoas que já morreram em The Walking Dead impressiona

O universo de The Walking Dead não é exatamente muito seguro. Não bastassem os zumbis, ainda há psicopatas para todos os lados. Não por acaso, um estudo considerou a série como a “mais perigosa para se viver”.

Conforme estudo realizado por companhia de seguro no Reino Unido (via Looper), The Walking Dead é a “série fictícia de TV mais perigosa para se viver”, superando até outras violentas como Game of Thrones e American Horror Story.

O estudo mostra que a série teve 1808 mores ao longo de 147 episódios (do piloto ao meio da 10ª temporada).

Em outras palavras, há uma média de 12 mortes por episódio e 180 mortes por temporada. Realmente não é um lugar muito seguro de se viver.

Clique aqui e assine o Star+ para ver a última temporada de The Walking Dead.

Publicidade