Mais do que você gosta.

Publicidade

Spoilers

Atriz reage à triste morte na volta de The Walking Dead

Lauren Cohan comentou sobre o que aconteceu na 11ª temporada da série de zumbis

Publicado por Bruno Tomé

21/02/2022 08:24

Alerta de spoilers

The Walking Dead voltou com o capítulo No Other Way na 11ª temporada. A trama encerrou o arco da guerra contra os Ceifadores, além de fazer Maggie encarar a morte de Alden.

O parceiro de aventura de Maggie foi deixado para trás para a sobrevivente concluir a missão de conseguir alimentos para Alexandria. Na volta para casa, a personagem encontrou um Alden transformado em zumbi onde foi deixado.

Continua depois da publicidade

Para a vítima, a decisão de ser deixado para trás valia a pena. Alden só pediu para que Maggie cuidasse do filho dele caso o pior acontecesse.

Ao ver a transformação em The Walking Dead, Maggie apenas matou o zumbi Alden no seriado. Ao ComicBook, a intérprete de Lauren Cohan reagiu à triste morte no seriado.

Para a famosa, a missão pode não ter sido tudo que Maggie esperava.

“Eu não sei. Eu não sei se para ela parece que valeu a pena. Certamente não parece que valeu. Eu não quero dizer. É difícil porque custou muito para eles”, reagiu a famosa.

Morte de The Walking Dead é chamada de boba e ator responde

The Walking Dead já mostrou a morte de inúmeros personagens de formas bem dramáticas. Uma que muitos fãs consideram “boba” é a de Tyreese na quinta temporada. Agora, sete anos após a morte do personagem, o ator Chad Coleman rebateu essas críticas.

No seriado, Tyreese morreu depois de ser mordido no braço por um zumbi. Ele teve o braço amputado, mas acabou falecendo por conta da perda de sangue.

No podcast The VOC, Coleman falou sobre a morte dele, que foi considerada por um espectador em específico como “a morte mais boba de todas”.

“Eu não acho isso”, disse o ator de The Walking Dead. “Quantas vezes você vê um homem afro-americano com poder e vulnerabilidade assim? Ele não é o Pantera Negra, mas uma incrível mistura de vulnerabilidade.

Coleman continuou: “Eu amo interpretar isso. O cara pode pegar um martelo e esmagar seu rosto e depois se sentir mais vulnerável por sua família e pessoas. Eu acho que o episódio é totalmente apropriado para o que ele era”.

“Se você nunca viu o programa e assiste a esse episódio, você entende quem é Tyreese”, acrescentou Chad Coleman.

No Brasil, The Walking Dead está disponível pelo Star+. Clique aqui para assinar o serviço de streaming.

Publicidade