Mais do que você gosta.

Publicidade

Contém Spoiler

Cena do primeiro episódio de Vikings: Valhalla foi longe demais

Piloto de spin-off da Netflix chocou a audiência com tanta violência

Publicado por Karol M.

26/02/2022 09:00

Atenção: contém spoiler do primeiro episódio de Vikings: Valhalla, da Netflix.

Após o sucesso das seis temporadas de Vikings, do History Channel, a Netflix criou o seu próprio derivado do programa. Vikings: Valhalla chegou à plataforma de streaming no dia 25 de fevereiro de 2022 e já é um sucesso de audiência, mas uma de suas cenas parece ter sido demais para o público.

Continua depois da publicidade

Séries épicas costumam trazer cenas chocantes envolvendo os mais diferentes tipos de violência sem muita censura, mas uma cena logo no episódio piloto pegou os espectadores de surpresa com tamanha brutalidade.

Nesta cena, a viking Freydiis, mostra a Harald sua cicatriz nas costas, em forma de cruz, e conta sua história. A marca foi feita nela por um viking cristão, que a estuprou repetidamente antes de marcar suas costas. Segundo o abusador, o estupro era a conversão dela, pagã, ao cristianismo.

A história avança e, no final do episódio, Freydis se vinga ao enfiar uma faca no peito do homem que a estuprou, desenhando uma cruz nele também, como se estivesse pagando com a mesma moeda pelo que ele a fez.

As duas cenas mostram como Freydis é uma mulher de passado triste, mas ainda forte e determinada. Mas, nas entrelinhas, também mostra que Vikings: Valhalla não terá medo de ir longe de mais ao representar agressão sexual e violência brutal.

Confira o trailer da nova série:

Nova série de Vikings chega na Netflix

Vikings: Valhalla começa no início do século XI e mostra as aventuras de alguns dos Vikings mais famosos da História, como Leif Eriksson, Freydís Eiríksdóttir, Harald Hardrada e William, o Conquistador.

Sam Corlett, de O Mundo Sombrio de Sabrina, viverá Leif Eriksson. Frida Gustavsson será Freydís Eiríksdóttir. Leo Suter será Harald Hardrada. Bradley Freegard, por sua vez, será o Rei Canute, rei da Dinamarca.

Jóhannes Haukur Jóhannesson será Olaf Haraldsson, Laura Berlin viverá Emma da Normandia. David Oakes, por sua vez, será o conde Godwin, conselheiro do Rei da Inglaterra.

Caroline Henderson viverá Jarl Haakon em Vikings: Valhalla, que lidera Kattegat nesse período.

Vikings: Valhalla já está disponível na Netflix.

Publicidade