Mais do que você gosta.

Publicidade

Novos desafios

Chefe indica a maior ameaça dos novos episódios de The Walking Dead

Segunda parte da última temporada mostra sobreviventes em nova sociedade

Publicado por Guilherme Coral

11/02/2022 11:21

Alerta de spoilers

A showrunner de The Walking Dead, Angela Kang, falou um pouco mais sobre a grande ameaça da segunda parte da 11ª temporada da série.

Quem já leu os quadrinhos sabe que Pamela Milton é a grande vilã desse arco e, ao menos por enquanto, isso vai aparecer por meio da burocracia da Commonwealth, a grande comunidade que vemos nessa temporada final da série.

Continua depois da publicidade

“Há algumas coisas que serão reveladas com o tempo, então não quero entrar muito em detalhes de nenhuma pessoa em particular e como essas histórias se desenrolam”, disse Kang à Entertainment Weekly.

“Mas vou dizer que o que é único na Commonwealth é que há muita burocracia lá. E acho que o que muitos de nossos personagens estão tentando descobrir é como essa sociedade funciona. Como conversar com pessoas responsáveis ​​se tiverem um problema”.

“Como na história dos quadrinhos, à medida que nosso povo entra em uma civilização mais organizada que é grande e pegou muitas estruturas do velho mundo, mas adaptou um pouco e amplificou algumas coisas, eles ficam frustrados”.

Ela continuou provocando:

“A própria sociedade pode ser um ponto de pressão para eles em vários momentos, pois eles estão lidando com o fato de estarem presos em um lugar muito estratificado e orientado por classes. E além disso, existem outras ameaças lá fora no mundo. Então eles estão lutando com muitas coisas”.

Teoria que muda tudo sobre zumbis de The Walking Dead pode ser verdadeira

Uma teoria que muda tudo sobre os zumbis de The Walking Dead pode ser verdadeira. Isso é indicado pelo próprio primeiro episódio da série principal.

Em Fear the Walking Dead, série derivada de The Walking Dead, a personagem Alicia apresenta uma teoria curiosa: ela acredita que os zumbis ainda são capazes de reter “ecos” das pessoas que eles eram no passado.

Isso mudaria tudo sobre os zumbis de The Walking Dead, pois indicaria que ainda existe um pequeno sinal de humanidade neles, mesmo que essa humanidade não possa ser completamente recuperada.

Os outros sobreviventes não acreditam na teoria de Alicia. Além disso, uma tentativa da personagem de provar que a sua teoria é verdadeira não dá certo.

No entanto, como apontado pelo Screen Rant, o primeiro episódio de The Walking Dead pode ter indicado que essa teoria não está errada.

Nesse episódio, uma criança zumbi aparece andando pela rua, até que ela para e olha para um ursinho de pelúcia que está no chão.

Estranhamente, a criança zumbi se abaixa e pega o ursinho de pelúcia. Sem nenhum motivo específico.

Como um zumbi é uma criatura sem mente, cujo impulso é se alimentar de carne, não faz sentido interagir com um objeto inanimado ou mesmo demonstrar qualquer sentimento de curiosidade.

Isso significa que Alicia pode estar certa sobre como o cérebro zumbi funciona, já que o ato de se abaixar para pegar o ursinho de pelúcia seria um traço da criança que aquele zumbi era.

The Walking Dead está disponível pelo Star+. Clique aqui para assinar o serviço de streaming.

Publicidade