Mais do que você gosta.

Publicidade

Criador de Mad Men nega novamente acusações de roteirista: “Não me lembro de ter dito aquilo”

Publicado por Bruno Tomé

01/10/2018 11:25

Após quase um ano das acusações de crimes sexuais feitas contra Matthew Weiner, o criador de Mad Men voltou a se pronunciar. Dessa vez, o chefe da série afirma nem se lembrar do que teria dito para a roteirista Kate Gordon.

“Eu realmente não disse aquilo. Não estou afirmando de que não é impossível que eu disse, mas não me lembro de ter dito aquilo. As alegações não são verdadeiras”, escreveu Weiner na Vanity Fair.

Continua depois da publicidade

De acordo com a própria Kate Gordon, quando ela trabalhava com Weiner na série, ele teria pedido para vê-la nua, e ainda teria dito que a roteirista devia isso a ele. A roteirista negou o pedido impróprio e acabou sendo demitida da série.

The Romanoffs | Nova série do criador de Mad Men ganha trailer cheio de tensão

“Eu não consigo imaginar um cenário onde eu teria dito aquilo. O que eu consigo ver é que era 10 anos atrás e eu não disse isso. Quando alguém diz o que você disse – como essa experiência – eu não lembro de ter dito algo. Eu nunca me senti daquele jeito e nunca agi daquele jeito com Kate”, defendeu-se o criador de Mad Men.

Logo após as acusações, ainda em 2017, Weiner passou a fazer parte da lista de acusados sexuais dos Estados Unidos. Atualmente, o criador de Mad Men está divulgando a sua nova série, The Romanoffs.

Publicidade