Mais do que você gosta.

Publicidade

Contém spoilers

Drogas e penetração: O que não foi mostrado na 2ª temporada de Bridgerton

Momentos surpreendentes ficaram de fora dos novos episódios na Netflix

Publicado por Alexandre Guglielmelli

13/04/2022 19:30

Muitos fãs se surpreenderam com o fato da 2ª temporada de Bridgerton ter uma quantidade bem menor de cenas de sexo – principalmente se comparada ao primeiro ano. O que muitos espectadores não sabem é que alguns dos momentos mais quentes da 2ª temporada – com cenas de penetração e uso de drogas – acabaram ficando de fora dos novos episódios da Netflix.

Oito irmãos inseparáveis buscam amor e felicidade na alta sociedade de Londres. Inspirada nos best-sellers de Julia Quinn”, afirma a sinopse de Bridgerton na Netflix.

Produzida por Shonda Rhimes, a série adapta para a Netflix os livros de Julia Quinn. A 1ª temporada focou em “The Duke and I”, e a 2ª, na trama de “The Viscount Who Loved Me”.

O site Insider revelou tudo sobre os momentos quentes de Bridgerton que não apareceram na 2ª temporada; veja abaixo.

A cena de sexo que não aparece em Bridgerton

Na 2ª temporada de Bridgerton, a cena de sexo mais importante acontece no sétimo episódio, entre Anthony Bridgerton e Kate Sharma.

Cheryl Duyne, a diretora do episódio, revelou ao site Insider que a intenção da cena nunca foi retratar o sexo penetrativo, tão comum em filmes e séries.

“A nossa intenção era refletir o olhar feminino. É por isso que trabalhamos com as preliminares e as colocamos na posição principal. O sexo penetrativo, por outro lado, acaba ficando de lado”, comentou a cineasta.

Além da perspectiva feminina, a explicação para a relativa ausência do sexo penetrativo na 2ª temporada de Bridgerton envolve o fato de uma grande parte das mulheres não conseguirem atingir o orgasmo apenas com penetração.

2ª temporada de Bridgerton já está disponível

2ª temporada de Bridgerton tem viagem de drogas?

Outra cena que acabou ficando de fora da 2ª temporada de Bridgerton é a da viagem psicodélica realizada por Benedict, após o personagem tomar o chá alucinógeno do irmão Colin.

Em uma entrevista ao site Insider, o diretor Alex Pillai – que comanda o terceiro episódio da 2ª temporada – revelou que a droga em questão não é baseada em elementos da vida real.

Na versão original da cena, após ingerir o alucinógeno, Benedict participa do jantar da família. Colin faz de tudo para diminuir as suspeitas sobre o irmão, que aparece suado e hipnotizado pelo “brilho das velas”

A cena original, que ficou de fora da 2ª temporada de Bridgerton, é bem mais intensa.

“Originalmente, os dois embarcariam em uma viagem de verdade. O Colin também fica mais preocupado com a possibilidade deles serem descobertos”, comentou o ator Luke Newton em um papo com o Insider.

A 2ª temporada de Bridgerton já está disponível na Netflix. A série foi renovada para um terceiro ano, que ainda não tem data de estreia.

Publicidade