Mais do que você gosta.

Publicidade

Processinho

Dublê processa produtores de Game of Thrones e pede R$ 25 milhões

Fire & Blood Productions rebate e diz que a culpa é da atriz

Publicado por Karol M.

10/05/2022 16:55

A dublê Casey Michaels sofreu uma grave fratura no tornozelo esquerdo enquanto trabalhava nas difíceis acrobacias do episódio da Batalha de Winterfell, de Game of Thrones.

Na cena em questão, ela e outros dublês vestidos como Wights tinham que cair do telhado do castelo em uma plataforma de segurança, mas Michaels caiu em pé, o que fez sua lesão se tornar ainda pior.

Os ferimentos foram agravados pela queda em pé, transformando-se em um problema a longo prazo que, conforme ela afirma, a impediram de continuar trabalhando como dublê.

Agora, ela está abrindo um processo contra a Fire & Blood Productions, e pede R$25 milhões. A informação é da Variety.

O processo de Casey Michaels

A dublê Casey Michaels abriu um processo contra a Fire & Blood Productions, a produtora de Game of Thrones, alegando que o equipamento de segurança fornecido para os dublês era defeituoso, e que isso ajudou a causar a lesão.

Em seu processo, ela lembra que os dublês foram estritamente instruídos a cair de um telhado “como se não soubessem da queda, de acordo com a natureza zumbi dos Wights”, e que eles obedeceram na expectativa de que a produtora tivesse tomado as devidas precauções de segurança com os atores.

A Fire & Blood Productions contestou as alegações, dizendo que o equipamento era “durável e não foi comprimido quando um dublê desceu sobre o colchão e rolou”.

A produtora coloca a culpa em Casey Michaels, alegando que ela não seguiu as instruções e caiu “como um lápis, de maneira rígida ou vertical”, e que seus ferimentos foram “causados ​​pela falha do Requerente em executar a façanha alegada adequadamente e/ou com a habilidade e cuidado de um dublê razoavelmente competente ou por puro acidente”.

A decisão do júri ainda não foi divulgada.

Publicidade