Mais do que você gosta.

Publicidade

Trama

Explicado por que personagem ordena morte dos vikings em Valhalla

Decisão do Rei Aethelred na série da Netflix pode ter conexão com história da vida real

Publicado por Bruno Tomé

05/03/2022 13:42

Alerta de spoilers

Na abertura de Vikings: Valhalla, o Rei Aethelred ordena o extermínio dos vikings em Danelaw. A decisão na série da Netflix pode ter uma ligação com a história real.

Após a morte de Edward, Aethelred virou Rei com apenas 12 anos. O reinado dele foi conhecido por conflitos intermináveis e uma relação de puro ódio com vikings.

Continua depois da publicidade

Apesar da série da Netflix tomar liberdade criativa com eventos históricos, a decisão de Aethelred no seriado é muito semelhante com essa passagem da vida real. Com isso, fica fácil entender o contexto da situação.

Vikings: Valhalla começa no dia do massacre de St. Brice. Quem não conhece a verdadeira história pode acabar ficando perdido sobre as motivações do rei.

Antes do dia do massacre, os dinamarqueses sempre faziam ataques contra os britânicos. O povo rival tentava conquistar terras inglesas.

A série da Netflix não mostra isso, mas os dinamarqueses fizeram ataques entre 997 e 1001 até o Rei Aethelred tomar a ordem. Na vida real, as invasões vikings contavam com mortes brutais, abusos sexuais contra mulheres e rapto de mulheres e crianças para serem vendidas como escravas.

Para parar esse horror, o Aethelred da vida real ordenou a morte de todos os vikings, como uma forma de mandar uma mensagem aos invasores.

Nova série de Vikings está na Netflix

Vikings: Valhalla começa no início do século XI e mostra as aventuras de alguns dos Vikings mais famosos da História, como Leif Eriksson, Freydís Eiríksdóttir, Harald Hardrada e William, o Conquistador.

Sam Corlett, de O Mundo Sombrio de Sabrina, vive Leif Eriksson. Frida Gustavsson interpreta Freydís Eiríksdóttir. Leo Suter é Harald Hardrada. Bradley Freegard, por sua vez, é o Rei Canute, rei da Dinamarca.

Jóhannes Haukur Jóhannesson interpreta Olaf Haraldsson, Laura Berlin é Emma da Normandia. David Oakes, por sua vez, vive o conde Godwin, conselheiro do Rei da Inglaterra.

Caroline Henderson vive Jarl Haakon em Vikings: Valhalla, que lidera Kattegat nesse período.

Vikings: Valhalla já está disponível na Netflix.

Publicidade