Mais do que você gosta.

Publicidade

Chocou os gringos

Série polêmica sobre Elize Matsunaga divide fãs da Netflix

Produção brasileira de true crime já está no Top 10 Mundial da plataforma

Publicado por Alexandre Guglielmelli

11/07/2021 18:15

A série Elize Matsunaga: Era uma Vez um Crime está fazendo o maior sucesso com o público internacional. Os gringos estão realmente chocados com a violenta história que abalou o Brasil em 2012. De acordo com as reações nas redes sociais, a maioria parece ter ficado bastante interessada pela história de Elize, Marcos e o terrível esquartejamento.

Se você não se lembra – ou não acompanhou a produção da Netflix – Elize foi condenada por matar o então marido Marcos Matsunaga, herdeiro do Grupo Yoki, e posteriormente esquartejar o cadáver.

Continua depois da publicidade

Embora a maioria das reações internacionais à produção da Netflix tenham sido positivas (algumas delas até mesmo apoiando as atitudes de Elize), parte dos internautas criticou a maneira que a série deu voz à assassina confessa.

Confira abaixo as reações dos gringos à série Elize Matsunaga: Era uma Vez um Crime na Netflix.

Elize Matsunaga – Chocando os gringos na Netflix

A história de Elize Matsunaga tem tudo para conquistar qualquer fá de true crime (séries, filmes e outros conteúdos baseados em crimes reais): sexo, ciúmes, violência, emoção, tristeza, escândalo e polêmica.

Logo após estrear na Netflix, Era uma Vez um Crime já figurava nos assuntos mais comentados pelos brasileiros nas redes sociais.

Pouco tempo depois, a produção documental de quatro episódios passou a chamar a atenção do público internacional.

Diversos sites especializados publicaram matérias sobre a história de Elize, e milhares de espectadores internacionais compartilharam opiniões nas redes sociais.

Muitos assinantes da Netflix reconheceram semelhanças entre a história de Elize e outros casos internacionais, sempre marcados pelo sexismo.

“O caso de Elize Matsunaga em Era uma Vez um Crime, como mostrado pela Netflix, provavelmente aconteceu várias vezes em vários países. Mas a questão que me pergunto ao assistir é a seguinte: como eu posso ter uma visão equilibrada mesmo desprezando o pensamento machista dos homens envolvidos?”, comentou uma espectadora no Twitter.

Grande parte dos comentários aborda o comportamento dos homens envolvidos na investigação e entrevistados na série.

“Acabei de assistir Elize Matsunaga: Era Uma Vez um Crime, e a série inteira é repleta de especulações e muita misoginia. Até o meu marido percebeu. Eu fiquei brigando com a TV”, comentou outra espectadora.

O excêntrico legista que aparece na série – e garante que “as pessoas são mais bonitas por dentro do que por fora” – também foi alvo de comentários nas redes sociais.

“Se você gosta de documentários de true crime, eu sugiro Elize Matsunaga: Era uma Vez um Crime, na Netflix. Nem que seja, pelo menos, por esse cara e suas sobrancelhas”, brincou outra internauta.

Uma parte dos espectadores não simpatizou com Elize, nem com a maneira que a detenta é retratada na Netflix.

“Já estou no episódio 3 de Elize Matsunaga: Era Uma Vez um Crime, mas não consigo sentir muita simpatia por ela. O caso da acusação faz mais sentido para mim. Até agora, ela parece insensível, calculista e um pouco manipuladora”, comentou um espectador.

O sucesso da série de Elize Matsunaga pode ser comprovado pela inclusão da produção no Top 10 dos Estados Unidos. A produção brasileira ficou em 8º lugar, superando Grey’s Anatomy e o filme Boss Baby 2.

No Top 10 Mundial, a produção foi ainda mais bem sucedida, ficando em 7º lugar.

“Alguém mais terminou Elize Matsunaga: Era Uma Vez um Crime na Netflix? O meu cérebro dói! Vocês acreditam? Ou não? Quais são suas opiniões sobre o que aconteceu?”, questiona outra espectadora.

Acreditando ou não nas justificativas de Elize, só existe um consenso entre o público internacional: Era uma Vez um Crime é uma série muito louca.

“Terminei de assistir Elize Matsunaga: Era uma Vez um Crime. Caramba, doida para c*ralho!”, afirmou uma internauta.

Elize Matsunaga: Era uma Vez um Crime já está disponível na Netflix.

Publicidade