Mais do que você gosta.

Publicidade

Sátira

Netflix conserta o problema mais tosco do Superman em Guardiões da Justiça

Nova série tira sarro de herói da DC com grandes semelhanças

Publicado por Karol M.

05/03/2022 21:30

Atenção: contém spoilers do primeiro episódio 1 de Guardiões da Justiça.

Guardiões da Justiça, nova série da Netflix, é a sua tentativa de fazer uma sátira a super-heróis ao alcance de The Boys, sucesso da concorrente Amazon Prime Video.

Continua depois da publicidade

Com a estreia da novidade baseada na graphic novel de Alan Moore, a Netflix conseguiu resolver um dos problemas mais toscos de Superman, da DC, com o seu personagem Marvelous Man, que é uma paródia ao super.

Tanto Marvelous Man quanto Superman são descritos como os mais imbatíveis e poderosos heróis de seus respectivos planetas. No primeiro episódio da série da Netflix, Marvelous chega ao planeta Terra para salvar a raça humana de uma Guerra Mundial, sem apoiar nenhum dos lados.

A série também brinca com outros eventos históricos, como quando o protagonista impede o assassinato de John F. Kennedy, mas não consegue fazer o mesmo com Khrushchev, primeiro-ministro da União Soviética, o que leva a manchetes de jornais que mostram que ele favorece os EUA.

Dando a volta por cima

Para provar sua imparcialidade e apoio global, Marvelous Man anuncia diante da ONU que vai evitar a política global diante das Nações Unidas.

Enquanto isso, na DC Comics, o Superman passava por críticas semelhantes, sempre acusado de proteger apenas os Estados Unidos, apesar de sua missão original ser com o mundo inteiro. Em quadrinhos mais recentes, o Superman passou a ter sua lealdade mais explorada e desenvolvida, mas bastou um episódio para isso ser feito em Guardiões da Justiça.

Outra semelhança entre os personagens é a sua fraqueza quando próximos de um elemento, seja a kryptonita para Superman ou a caltronita para o Marvelous Man e, apesar de suas ações benéficas para a sociedade, ambos personagens também são tratados com preconceito, como se fossem bombas prestes a explodir.

Os governos acham ótimo quando eles estão ajudando o povo sem cobrar nada por isso, mas em ambos universos fictícios é sabido que há equipes especiais preparadas com armas de kryptonita/caltronita, prontas para entrarem em ação no primeiro deslize dos heróis.

Guardiões da Justiça já está disponível na Netflix.

Publicidade