Mais do que você gosta.

Publicidade

Treta nos bastidores

Netflix é acusada de mentir em série baseada na vida real

Piloto acusa mentiras em documentário de streaming

Publicado por Karol M.

09/03/2022 18:45

A Netflix acabou de se se envolver em uma grande polêmica!

F1: Dirigir Para Viver, sua série documental sobre automobilismo, retorna dia 11 de março com uma nova temporada, mas o piloto Toto Wolff revelou alguns podres dos bastidores.

Continua depois da publicidade

Segundo o motorista da Mercedes, o documentário não é uma representação precisa do esporte. Ele afirma, ainda, que a Netflix distorceu a verdade para que os acontecimentos se adequassem a sua narrativa.

Toto é uma das figuras proeminentes do mundo da F1 e foi entrevistado pela Netflix para Dirigir Para Viver, mas não ficou nada feliz ao conferir o resultado. “Estou assistindo isso – episódio um, episódio dois – e eu odeio isso”, disse ele ao Irish Independent.

“Eu nunca quis ter a câmera na minha cara. Aos poucos fomos trabalhando nisso. Isso vem com meu trabalho e preciso falar sobre carros e o lado comercial da Fórmula 1. Mas de repente você percebe que se tornou tão grande em todo o mundo com novos públicos, públicos mais jovens”, conta o piloto.

Confira o trailer da série:

Entretenimento Falso

Toto admite na entrevista que a ênfase que o documentário dá ao entretenimento ajuda na popularidade da F1 entre os mais novos, mas não consegue disfarçar vários eventos descritos em F1: Dirigir Para Viver são falsos.

Ele continua seu relato: “Você odeia se ver lá. Eles criam uma reviravolta na narrativa. Eles montam cenas que não aconteceram. Eu acho que você diria como um insider, bem, isso é diferente de como era. Mas estamos criando entretenimento, e essa é uma nova dimensão do entretenimento.”

Toto acusa a Netflix de fabricar um embate com outro piloto, Daniel Ricciardo: “Do ponto de vista do piloto, não gosto de fazer parte disso”. ele disse à AP. “Inventaram uma rivalidade que não existe de verdade. Por isso decidi não participar mais e não dar entrevistas desde então, porque assim eles também não podem mostrar nada. Não gosto de drama, quero fatos e coisas que realmente acontecem”, conclui o piloto.

A quarta temporada de F1: Dirigir Para Viver chega dia 11 de março ao catálogo da Netflix e, agora, graças aos relatos de Toto, os fãs sabem que não podem acreditar em tudo o que a série mostra.

A Netflix se recusou a comentar até o momento.

Publicidade