Mais do que você gosta.

Publicidade

Contém spoilers

Os zumbis não são os maiores problemas de All of Us Are Dead

Série sul-coreana da Netflix inova ao trazer grandes modificações para a trama dos mortos-vivos

Publicado por Alexandre Guglielmelli

11/02/2022 18:30

All Of Us Are Dead, sucesso na Netflix, conquista fãs no mundo todo ao oferecer um olhar bem diferente sobre as histórias de zumbis. Mas de acordo com uma matéria do site Digital Spy, a verdadeira ameaça enfrentada pelos personagens não é o retorno dos mortos, mas sim os “comportamentos tóxicos de adolescentes”.

“Uma epidemia mortal surge em uma escola. Encurralados, os alunos só tem uma opção: lutar com todas as forças para não virarem zumbis”, afirma a sinopse da produção.

Continua depois da publicidade

A trama de All Of Us Are Dead começa após um professor de ciências criar um novo tipo de vírus, com o objetivo de deixar o filho mais forte perante os valentões da escola Hyosan.

Mas o experimento sai do controle após uma estudante ser mordida por um dos ratos de laboratório. O que se sucede é um verdadeiro banho de sangue protagonizado por estudantes de ensino médio.

Por que os adolescentes são o verdadeiro problema de All Of Us Are Dead?

De acordo com uma análise do jornalista Arman Khan, publicada pelo site Digital Spy, os zumbis estão longe de representar a principal ameaça aos personagens de All Of Us Are Dead.

“Todos os relacionamentos tóxicos têm algo em comum: não importa o quanto o mundo incentive você a escapar e fugir dessa situação, fazer isso é impossível”, avalia a matéria do Digital Spy.

Quase todos os personagens vivem aspectos de relacionamentos abusivos. Embora eles não estejam necessariamente presos em um ciclo de abuso, agem como vítimas de parcerias tóxicas e casamentos violentos.

Por exemplo: quando uma das estudantes é obrigada a tirar a roupa por um valentão, outro aluno tenta intervir, mas ela se recusa a receber a ajuda. Em sua mente, se ela não cumprir as ordens dos ‘bullies’ imediatamente, os abusos se tornariam piores com o tempo.

“Psicólogos chamam essa atitude de ‘impotência aprendida’. Ela acontece quando vítimas de constantes abusos começam a internalizar os traumas, e aceitam violências como parte do destino, como algo que ‘merecem’”, explica a matéria.

Outra “ameaça” bem mais perigosa que os zumbis, apontada pelo site Digital Spy, é a luta de classes entre os estudantes da Escola Hyosan.

Mas em All Of Us Are Dead, essa dinâmica assume uma perspectiva mais violenta. Uma estudante privilegiada, por exemplo, pratica bullying com um colega por ele ter chegado à respeitada instituição com o apoio de ações afirmativas do governo.

Eventualmente, a personagem revela que o motivo para maltratar o colega não era o simples fato dele ser mais pobre, mas sim sua popularidade com os outros alunos.

Nos episódios subsequentes, ela se torna a responsável pela morte do colega, transformando-o em zumbi após entrar em colapso mental e frenesi assassino.

“Em momentos como esse, All Of Us Are Dead tenta superar os clichês dos ataques de zumbis e apresentar ao público uma perspectiva mais interessante. É exatamente esse aspecto que deixa a série tão interessante”, conclui a matéria.

All Of Us Are Dead está disponível no catálogo brasileiro da Netflix.

Publicidade