Mais do que você gosta.

Publicidade

Explicado

The Walking Dead: Grupo que captura Rick pensa igual a Thanos na Marvel

Série derivada World Beyond responde perguntas importantes sobre CRM

Publicado por Bruno Tomé

29/11/2021 08:34

Alerta de spoilers

The Walking Dead: World Beyond, série derivada da produção principal, enfim revelou os planos da CRM, o grupo que captura Rick Grimes. Em Death and the Dead, os fãs descobrem que a organização age como Thanos na Marvel, se achando no direito de matar pessoas pensando em uma possível falta de recursos.

No capítulo, Jadis revela o motivo do grupo cometer genocídios entre comunidades sobreviventes. Surpreende porque é a mesma linha que Thanos seguiu no primeiro arco do MCU, que tem a batalha final em Vingadores: Ultimato.

Continua depois da publicidade

O Titã Louco mata metade da vida na Terra pensando na falta de recursos naturais para a população. Thanos, mesmo exterminando pessoas, achava que estava fazendo algo necessário.

No universo The Walking Dead, a CRM, incrivelmente, pensa da mesma forma. O grupo militar da CRM quer aniquilar colônias porque acha que as pessoas, uma hora ou outra, podem começar a se matar pela falta de recursos.

“Os militares fizeram a escolha difícil para que os civis não fizessem”, diz Jadis em determinado momento de The Walking Dead: World Beyond.

Jadis explica que a colônia de Omaha, a Campus Colony, logo ficaria sem recursos. Com isso, a CRM acha que as pessoas começariam a morrer lentamente, isso se não fossem atingidas por novas doenças ou começassem a se matar.

O que mais impressiona nessa visão é o “grande motivo” que reforça o plano do grupo que pega Rick Grimes. Eles acham que vão salvar a humanidade dessa forma.

É praticamente o mesmo pensamento de Thanos na Marvel. Felizmente, em The Walking Dead, a organização não tem uma arma para matar metade do mundo ao mesmo tempo.

Antes, derivada explicou a decisão de Jadis

The Walking Dead: World Beyond explica na segunda temporada o motivo de Jadis ter levado Rick Grimes para CRM após três anos do acontecimento na TV. O xerife foi a moeda de troca para personagem no universo da franquia de zumbis.

Até então, os fãs tinham algumas teorias do motivo de Jadis levar Rick Grimes. Uma delas é que o personagem seria usado para virar uma nova liderança da CRM ou ainda fazer parte de experimentos.

Isso ficou em segundo plano. Após três anos do mistério, Jadis revela no sexto capítulo da segunda temporada de World Beyond que usou o amado personagem como moeda de troca para ela entrar na CRM.

“Eu amava meu povo, mas os perdi porque fiz as alianças erradas. E depois disso, eu tive uma oportunidade e criei um tíquete para entrar na República Civil – eu dei para CRM algo valioso”, revela a personagem.

The Walking Dead: World Beyond está no canal AMC Brasil. Já a série principal da franquia tem 11 temporadas no Star+.

Clique aqui para assinar o Star+ e acompanhar The Walkind Dead.

Publicidade