Mais do que você gosta.

Publicidade

Reações

Trama de Chicago P.D. não faz o menor sentido, apontam fãs

Situação acontece na nona temporada e os internautas a classificam como "vergonhosa"

Publicado por Bruno Tomé

24/01/2022 09:12

Alerta de spoilers

Séries de muitas temporadas podem ter algumas tramas criticadas por fãs. Em Chicago P.D. não é diferente com uma história da nona temporada.

Espectadores usaram o Reddit para apontar que um arco da nona temporada perdeu o foco do seriado. A trama envolve praticamente toda unidade, mas é centrada em Hailey Upton e Hank Voight.

Continua depois da publicidade

Como os fãs de Chicago P.D., os dois compartilham um difícil segredo na nona temporada. Upton matou o traficante de pessoas Roy Walton (Michael Maize) e Voight ajudou a colega a esconder esse assassinato.

Quando essa trama atingiu o terceiro capítulo da nona temporada, muitos fãs reagiram que ela não faz o menor sentido. Além disso, os internautas a classificam como “vergonhosa”.

“Estou incomodado com essa trama de Hailey. Ela está passando por uma crise mental porque esse cara realmente ruim, que traficava mulheres, foi morto e teve o destino que merece. Não faz sentido”, apontou um.

“Eu concordo totalmente. O meu problema é que parece que Hailey matou o cara a sangue frio, sem qualquer motivo”, opinou um segundo.

“Exato! Nada faz sentido. Esse cara Roy surrou Kim, a deixou para morrer e agora Upton passa por isso? É estúpido”, alfinetou um terceiro.

É claro que ao mesmo tempo há fãs que gostam de todo drama que envolve esse arco, principalmente pelo crescimento que Hailey Upton tem ao passar por isso.

Séries de Chicago não devem ganhar evento crossover em 2022

Chicago Fire, Chicago P.D. e Chicago Med devem ficar sem um evento crossover para as atuais temporadas. Os chefes dos seriados comentaram abertamente sobre a dificuldade do especial acontecer nessa primeira parte de 2022.

Diane Frolov e Andrew Schneider, chefes de Chicago Med, contaram ao TV Insider que não existem planos para um crossover. A declaração reforça o que foi dito pela produção de Chicago Fire antes.

O principal motivo é por conta da pandemia. Um evento crossover envolve gravações com muitas pessoas, o que se torna difícil nessa situação – ainda mais com a variante Ômicron se espalhando rapidamente.

Apesar disso, os chefes de Chicago Med reforçaram outro indicativo dado pelas outras produções. Crossovers menores, com um ou outro personagem transitando entre os seriados, podem acontecer.

“Pessoas de Chicago P.D. e Fire devem aparecer na nossa série, como ao contrário também”, afirmou Frolov.

Chicago Fire está na 10ª temporada, enquanto Chicago P.D. exibe a nona e Chicago Med, a sétima. No Brasil, a exibição acontece pelo canal Universal.

Publicidade