Mais do que você gosta.

Publicidade

Assustador

Zumbis de All of Us Are Dead superam os de The Walking Dead

Série sul-coreana da Netflix conquista público e acumula elogios da crítica

Publicado por Alexandre Guglielmelli

31/01/2022 21:30

Após The Walking Dead conquistar fãs no mundo inteiro, e estender sua trama por mais de 10 temporadas, o gênero dos zumbis acabou ficando um tanto quanto saturado. Mas All Of Us Are Dead, a mais nova produção sul-coreana da Netflix, chega para revitalizar a temática, com mortos-vivos que superam até mesmo os da série da AMC.

“Uma epidemia mortal surge em uma escola. Encurralados, os alunos só tem uma opção: lutar com todas as forças para não virarem zumbis”, afirma a sinopse oficial de All Of Us Are Dead.

Continua depois da publicidade

Criada por Chun Sung-il e dirigida por Lee Jae-kyoo, All Of Us Are Dead é baseada na HQ virtual “Now at Our School”, escrita por Joo Dong-geun entre 2009 e 2011.

Mas por que os zumbis de All Of Us Are Dead representam uma bem-vinda refrescada no gênero? O site da revista Forbes explica tudo sobre essa questão; veja abaixo.

O sucesso dos zumbis de All Of Us Are Dead na Netflix

Mais uma vez, a Netflix provou o potencial das produções sul-coreanas de zumbis – após o elogiado filme Invasão Zumbi e a série Kingdom.

O aspecto mais interessante de All Of Us Are Dead envolve as “regras” para o surgimento dos zumbis, que são bem mais dinâmicas que as de The Walking Dead.

Primeiramente, os zumbis de All Of Us Are Dead são extremamente rápidos e fortes, diferenciando-se assim das morosas criaturas de The Walking Dead e dos filmes de George A. Romero.

Além disso, eles não são “famintos”, não comem cérebros ou pessoas. Eles só mordem humanos para disseminar o parasita, como hospedeiros de um vírus. Se uma pessoa é mordida, por exemplo, os zumbis a ignoram completamente.

Outra diferença importante entre All Of Us Are Dead e The Walking Dead é o tempo de transformação. Na série da Netflix, humanos se tornam zumbis minutos (ou segundos) após serem mordidos.

A transformação ocorre mais rápido em mordidas mais severas, e logo após serem expostos ao vírus, os humanos entram em convulsão, morrem e ressuscitam como as sanguinárias criaturas.

Mas de acordo com o site da revista Forbes, o aspecto mais interessante dos zumbis de All Of Us Are Dead é o ponto fraco das criaturas.

Diferente de The Walking Dead, não é possível destruir os mortos vivos com um simples golpe no cérebro. Na verdade, os personagens de All Of Us Are Dead precisam apunhalar os zumbis no pescoço, algo inédito no gênero de terror.

Sendo assim, os zumbis de All Of Us Are Dead são bem mais difíceis de serem combatidos, já que exigem extrema precisão dos humanos.

Finalmente, se o sangue de um zumbi penetra uma ferida aberta de um humano – mesmo que ela não tenha sido causada por uma das criaturas – o hospedeiro também se torna um morto-vivo. Mas nesse caso, a transformação é um pouco mais lenta.

All Of Us Are Dead está disponível na Netflix.

Publicidade