The Walking Dead | Robert Kirkman fala sobre a ameaça dos Salvadores, o grupo de Negan

Publicidade

Atenção para os spoilers do último episódio!

Robert Kirkman, o criador de The Walking Dead, confirmou que o prólogo exibido no último episódio de The Walking Dead introduziu mesmo os Salvadores, grupo liderado pelo vilão Negan nos quadrinhos.

“Os Salvadores não têm o W [tatuado], os Lobos [Wolves] sim”, esclareceu Kirkman durante sua aparição no programa Talking Dead.

Continua depois da publicidade

“Eles também são igualmente ameaças, possivelmente muito distintas, diferentes. Nós vamos descobrir muito mais sobre os Salvadores, o grupo de Negan, em breve”, prometeu.

Tal prólogo, que adianta a premissa da segunda parte da temporada, fez a primeira menção da série a Neganassista aqui.

Nela, Daryl (Norman Reedus), Sasha (Sonequa Martin-Green) e Abraham (Michael Cudlitz) são emboscados por uma gangue de motoqueiros que exige as armas deles e murmuram uma temida palavra, da qual os sobreviventes ainda não conhecem sua periculosidade: “Suas propriedades agora pertencem a Negan (Jeffrey Dean Morgan)”.

A anticlimática midseason finale de The Walking Dead preparou terreno para um futuro incerto e ainda mais ameaçador aos sobreviventes, que terão de batalhar contra errantes, Lobos e o grupo de Negan no retorno da série, em 14 de fevereiro – leia a crítica do episódio.

A introdução de Negan em carne e osso em The Walking Dead acontecerá somente no final da sexta temporada.

Tudo sobre: The Walking Dead

Publicidade
© 2021 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade