Narcos | “Erraram na escolha do Pablo Escobar”, diz Wagner Moura em programa americano

Publicidade

Wagner Moura compareceu ao programa de Jimmy Fallon nesta sexta-feira (8) para falar sobre a série Narcos, que lhe rendeu uma indicação de Melhor ator em série dramática.

E o intérprete de Pablo Escobar tirou de letra as críticas ao seu sotaque ao brincar sobre sua escalação:

“Foi algo muito louco. A ideia era fazer a série em inglês. Eu pensei que seria difícil, mas poderia falar inglês com sotaque. Eu acho que erraram o elenco”, brincou.

Continua depois da publicidade

“Quando decidiram me contratar para fazer Pablo Escobar, pensei: ‘esses caras estão loucos’. Então me mudei para a Medellin, na Colômbia, para aprender espanhol”, continuou. “Eu estava supermagro, com 18kg a menos, e não falava uma palavra sequer em espanhol”, acrescentou.

Assista parte da entrevista do ator brasileiro:

Narcos, que também foi indicada ao Globo de Ouro de melhor série dramática, retorna com novos episódios pela Netflix em 2016.

Narcos conta a história real dos esforços dos Estados Unidos e Colômbia para combater o temido traficante Pablo Escobar (Moura) e o cartel de Medellín, uma das organizações criminosas mais ricas e impiedosas da história.

O seriado reúne novamente o criador e produtor-executivo José Padilha (Tropa de Elite, RoboCop) com Wagner Moura. Completam o elenco internacional: o americano Boyd Holbrook (Garota Exemplar) e o chileno Pedro Pascal (Game of Thrones), que interpretam agentes da DEA; os colombianos Juan Pablo Raba (El corazón del océano) e Manolo Cardona (Covert Affairs); a britânica Joanna Christie (Once); as mexicanas Stephanie Sigman (do vindouro 007: Spectre) e Ana de la Reguera (Nacho Libre); o brasileiro André Mattos (Tropa de Elite); e o porto-riquenho Luis Guzman (Boogie Nights).

“Não precisamos de dragões, temos cocaína!”, diz ator de Game of Thrones sobre série

Eric Newman (Filhos da Esperança), Carlos Bernard (O Aprendiz de Feiticeiro) e Chris Brancato (Hannibal) assinam a produção executiva ao lado de José Padilha.

Publicidade
© 2022 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade