A atriz Caitlin O’Heaney foi a público (via Buzzfeed) com sua denúncia de assédio e agressão contra Val Kilmer, o astro de The Doors (1991), Batman Eternamente (1995) e outros clássicos dos anos 1980 e 1990.

Segundo ela, quando estava participando de um teste de elenco para The Doors, dirigido por Oliver Stone (também acusado de assédio), O’Heaney teve que ensaiar uma cena de briga ao lado de Kilmer, que interpretaria o vocalista da banda, Jim Morrison, no filme.

O’Heaney conta que a cena incluía os personagens “enraivecidos, jogando objetos um no outro”, mas nenhum tipo de contato físico ou agressão. No entanto, na hora em que o diretor gritou “ação!”, Kilmer pegou O’Haney pelos ombros, a sacudiu e acertou seu rosto com um tapa, a jogando no chão.


“Stone só ficou lá olhando e rindo”, lembra O’Heaney. “Na época, processei os dois e acabei fazendo um acordo em que não poderia nem mesmo revelar o acontecido. Não atuo mais em Hollywood, não me importo mais com isso”.