Harvey Weinstein usa e-mail de Ben Affleck para negar acusação de estupro

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Harvey Weinstein e seu advogado Ben Brafman usaram uma troca de e-mails entre o produtor e o astro Ben Affleck para negar uma acusação de estupro levantada por Rose McGowan em sua nova biografia, Brave.

Saiba mais sobre a acusação aqui

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em um e-mail enviado a Weinstein em julho de 2017, três meses antes das denúncias contra o produtor apareceram na mídia, Affleck nega ter ouvido de McGowan a história do assédio. Na biografia, a atriz diz que contou ao ator quando o incidente ocorreu, em 1997.

“Rose nunca me disse, nem me fez presumir, que ela tivesse sido atacada por ninguém. Qualquer história dizendo o contrário é falsa. Eu não tenho nenhum conhecimento das coisas que Rose fez ou diz ter feito”, escreve Affleck.

Um outro e-mail lançado pelo advogado Brafman ao Deadline vem da ex-agente pessoal de McGowan, Jill Messick, que alega que McGowan lhe contou sobre o incidente de forma diferente.

“No dia seguinte, Rose me disse hesitantemente que havia entrado em uma banheira com o Sr. Weinstein. Ela foi bastante enfática ao dizer que tudo o que aconteceu foi consensual”, escreve Messick.

Furiosa, McGowan respondeu no Twitter: “F*da-se você, eu maldito idiota perdedor dos infernos. Você vai queimar. Você vai ser um terno vazio dentro de um caixão. Espero que você suma do planeta, seu b*sta”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio