As atrizes Kristen Bell e Susan Sarandon, aliadas à modelo Chrissy Teigen, vão pagar a multa aplicada à ginasta McKayla Maroney por quebrar um acordo de confidencialidade e denunciar abuso sexual dentro da equipe americana do esporte.

Susan Sarandon cria polêmica: “Se Hillary Clinton fosse presidente, estaríamos em guerra”

A multa, que pode chegar a US$ 100 mil (R$ 322 mil), será aplicada caso Maroney escolha testemunhar no julgamento do Dr. Larry Nassar, que foi denunciado por várias atletas do time por abuso sexual.


Teigen começou o movimento, dizendo que ajudaria Maroney a pagar caso ela testemunhasse. “O princípio dessa multa é absurdo – um acordo de confidencialidade no qual você não pode denunciar um monstro como esse, acusado por mais de 140 mulheres”, escreveu ainda no Twitter.

O produtor de televisão Mike Schur se juntou a Teigen, e logo Kristen Bell, a estrela de The Good Place, produzida por ele, também tuitou: “Cada um de nós paga 1/3 então”.

Finalmente, Susan Sarandon entrou na roda, oferecendo para dividir a multa total em quatro.

O julgamento de Nassar começou na terça (16), mas deve continuar por pelo menos alguns dias.