A Revista People garante que a cantora Demi Lovato não será investigada pela posse e uso de drogas após ter tido uma overdose. A informação foi confirmada por um porta-voz da polícia de Los Angeles.

As autoridades não deram muitos detalhes sobre o caso. No entanto, foi revelado que drogas não foram encontradas na casa da cantora e Demi não quer cooperar informando qual substância estava usando.

Os policiais teriam apenas encontrado evidências relacionadas a droga. Tudo aponta para o uso de heroína por parte da cantora.


Demi Lovato está “acordada e falando”, diz portal

Ainda segundo a People, Demi Lovato está “acordada e falando” no hospital em que foi internada após sofrer overdose em seu apartamento em Hollywood Hills, em Los Angeles, na tarde desta terça-feira (24).

Demi Lovato enfrenta problemas com álcool, drogas, depressão e disfunção alimentar há anos. Nos últimos seis, ela estava livre das substâncias, mas aparenta ter tido uma recaída recente, como expôs na letra de “Sober”.