Após Angelina Jolie acusar Brad Pitt de não cumprir com as suas obrigações com os filhos em termos econômicos, um juiz teria ordenado que a atriz permitisse mais visitas do ator aos seis filhos do ex-casal.

De acordo com o Blast, o juiz envolvido no caso aumentou as horas de visitação de Brad Pitt. A tendência é que os termos sejam oficializados no acordo que está por vir.

Agora, Angelina Jolie tem que permitir que Brad Pitt veja os filhos por até quatro horas a cada dois dias de escola, e por 12 horas em dias alternados em que as crianças não estiverem na escola. No próximo dia 21 de agosto, o casal em divórcio participa de novo julgamento.


Após acusações de Angelina Jolie, amigos defendem Brad Pitt: “Não é caloteiro”

Recentemente, Angelina Jolie afirmou que Brad Pitt não pagou nenhum dos auxílios financeiros acordados desde a separação, em 2016. Por conta disso, a atriz teria solicitado uma sessão na justiça para resolver a pendência. Esse caso ainda não contou com novidades.

O divórcio entre o ator e Angelina Jolie parece longe de terminar. Além dessas questões, há ainda pendências sobre a guarda dos filhos e a divisão de bens do ex-casal. O processo do divórcio começou em 2016.