Asia Argento foi acusada de ter tido relações sexuais com James Bennett em um hotel na Califórnia em 2013, quando o rapaz tinha somente 17 anos. Segundo o Times, ela pagou 380 mil dólares ao rapaz para acertar as alegações.

Agora, de acordo com o New Tork Times, a atriz italiana está sendo investigada. O Capitão Darren Harris, da Polícia de Los Angeles, confirmou não ter encontrado documentação da época, relatando o crime ocorrido. Ele, no entanto, revelou que entrará em contato com o ator James Bennett e seus representantes legais.

O jornal ainda procurou o representante legal do ator, agora com seus 22 anos, que disse que a polícia ainda não entrou em contato com o ator. Benett, ou seus representantes, ainda não comentaram sobre o caso.


Advogado de Harvey Weinstein critica Asia Argento: “Hipocrisia”

Asia Argento tem sido criticada por profissionais relacionados à indústria. O advogado de Harvey Weinstein a chamou de hipócrita, enquanto que Rose McGowan declaradamente se afastou da atriz, que conheceu após ambas denunciarem Weinstein.

Rosanna Arquette defendeu Argento, dizendo que tudo não passa de uma manobra de Weinstein para desacreditar uma de suas principais acusadoras. Arquette disse, no Twitter:

“O monstro está na ativa novamente”.

“Eu conheço muitos sobreviventes de estupro e trauma, que externalizam isso sexualmente. As feridas que eles carregam são profundas. Eu rezo por eles. A hora que saiu essa história [de James Benett] é suspeita. Asia ainda foi estuprada por Harvey Weinstein”, continuou a atriz.

Os tweets de Rosanna Arquette podem ser vistos abaixo. A situação de Asia Argento, por enquanto, permanece incerta.