Ed Westwick se pronunciou pela primeira vez após a Justiça de Los Angeles decidir que não iria julgá-lo por conta de acusações de estupro e assédio. O ator de Gossip Girl garante que logo voltará ao trabalho.

“Estou satisfeito que todo mundo viu o certo. Eu estarei de volta ao trabalho logo”, declarou o ator ao portal TMZ.

Ainda no final de 2017, o ator foi acusado de ter agredido sexualmente duas mulheres e ter assediado uma terceira. Na época, Ed Westwick foi retirado da série Ordeal by Innocence, uma adaptação de Agatha Christie, e substituído por Christian Cooke.


Ed Westwick, de Gossip Girl, não será julgado por acusações de estupro por falta de evidências

O ator de Gossip Girl não revelou qual pode ser o seu primeiro trabalho após o caso. No entanto, rumores indicam que pode ser a continuação da comédia White Gold, da BBC, que é transmitida pela Netflix no Brasil. Renovada para 2ª temporada, o seriado teve as gravações interrompidas enquanto Ed Westwick lidava com as alegações.

Ainda no final do último mês, a Corte de Los Angeles comunicou que não iria em frente com o processo contra o famoso por falta de evidências. Os motivos citados foram de que as testemunhas dos supostos crimes não sabiam indicar o que havia acontecido e uma das acusadoras não respondeu as consultas realizadas pelo defensor público do caso.

Desde que as acusações surgiram, Ed Westwick as negou e afirmou que teria como provar que nada aconteceu.