O caso complexo de Asia Argento continua se desenrolando. Após informações serem divulgadas de que a atriz, uma das primeiras a abraçar o movimento #MeToo contra Harvey Weinstein, havia pagado para silenciar um ator com quem a atriz teria tido relações quando ele era menor de idade.

Agora, Jimmy Bennett escreveu uma declaração ao The New York Times, onde explica porque não havia se manifestado sobre o assunto antes, clamando ter se sentido “com medo e envergonhado”.

“Eu tentei procurar justiça de um jeito que fazia sentido pra mim na época, porque eu não estava pronto para lidar com as ramificações da minha história se tornando pública. Na época eu acreditava que ainda havia um stigma sobre estar nessa situação e ser um homem, na sociedade. Eu não achei que as pessoas entenderiam o evento do ponto de vista de um garoto adolescente”, explica Bennett ao jornal.


Foto íntima e mensagens de texto de Asia Argento, com menor de idade, vazam online

Nesta quarta-feira (22), o TMZ liberou fotos que comprovam a relação sexual dos dois, além de alguns prints de mensagens de texto onde Argento confirma o ocorrido, mesmo a atriz tendo negado publicamente.