Acusador de Asia Argento é humilhado em programa de TV: “Não parece traumatizado”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O acusador de Asia Argento, que garante ser sido abusado sexualmente pela atriz e cantora em 2013, Jimmy Bennett, foi humilhado em um programa de TV na Itália ao falar pela primeira vez em público sobre a acusação.

O rapaz, de 22 anos, garante que em 2013, quando tinha 17 anos, foi obrigado a ter relações sexuais com a filha de Dario Argento em um hotel na Califórnia, nos Estados Unidos. No último mês, a acusação foi descoberta pelo New York Times.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No programa da TV italiana de Massimo Gilletti, exibido na noite do último domingo, o apresentador colocou a suposta vítima contra a parede. A questão passou por uma selfie que Bennett e Asia Argento tiraram depois das relações. O apresentador não demorou muito para disparar contra o rapaz.

“Me desculpe, mas você não parece chateado, você não parece traumatizado nessa imagem”, disse Gilletti.

O acusador tentou explicar-se, afirmando que foi obrigado a fazer a fotografia. Mas, o apresentador seguiu questionando a posição de Bennett, que aparece sem camisa na foto, com expressão tranquila.

Asia Argento ameaça processar Rose McGowan

“Você não parece com medo”, afirmou o apresentador italiano.

Para defender-se das alegações feitas por Gilletti, o acusador voltou a dizer que deveria ter ficado em silêncio sobre a acusação.

“Eu estava preocupado em vir na frente do público e ser acusado de não estar sendo sincero sobre a violência que sofri. Depois disso, é por isso que escolhi a rota do silêncio. Eu estava certo”, declarou Bennett.

Asia Argento, uma das primeiras vozes contra Harvey Weinstein, foi acusada também de ter pago a quantia de US$ 380 mil dólares para mantê-lo em silêncio. A atriz veio à público recentemente negar a história.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio