Johnny Depp nega ter agredido Amber Heard, sua ex-esposa

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em nova entrevista à versão britânica da revista GQ, Johnny Depp voltou a negar ter agredido sua ex-esposa, Amber Heard.

“A coisa que mais me dói é ser apresentado como algo que, na realidade, é muito distante do que eu sou”, disse Depp. “Machucar alguém que você ama? Não, não aconteceu, sequer poderia soar como algo que eu faria”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 2016, Amber Heard pediu o divórcio de Depp, 15 meses após terem se casado, citando “diferenças inconciliáveis”. Ela acusou o ator de ser um bêbado, paranoico, jogador de garrafas de vinho e espancador de esposas.

Pessoas criticam Johnny Depp ser chamado de “fora da lei” em capa de revista

“Eu sentia as pessoas olhando para mim de forma diferente”, disse Depp. “Eu sei que eu nunca seria a Cinderella… mas sentiu como se, por um curto período, que essa versão – na falta de uma palavra melhor – da Cinderella se transformou em um monstro. Ele é Quasimodo”.

O ator ainda revelou que se preocupa com o que seus filhos pensam sobre isso.

“Eu faço essa merd* pelos meus filhos, cara. Como alguém, qualquer um, poderia dizer algo assim contra outra pessoa, não tendo um pingo de verdade?”.

Depp ainda insistiu que a verdade “vai aparecer” e que sua reputação de bom moço será restabelecida.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio