Pamela Anderson critica “terceira onda do feminismo”: “É uma chatice”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Pamela Anderson fez duras críticas ao movimento feminista e ações como o #MeToo em uma recente entrevista ao 60 Minutes in Australia.

A atriz afirmou que as mulheres também têm responsabilidades em cuidar da própria segurança.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu sou uma feminista, mas eu acho que essa terceira onda do feminismo é uma chatice”, declarou a atriz.

A ex-estrela de S.O.S. Malibu alfinetou principalmente a campanha que surgiu após os crimes sexuais de Harvey Weinstein terem sido revelados.

The Hills | Pamela Anderson está em negociações para participar de reboot da MTV

“Eu acho que paralisa os homens. Eu acho que o MeToo é um pouco demais”, ainda disse Pamela Anderson.

Questionada sobre os casos de Harvey Weinstein, Pamela Anderson comentou o que faria nessas situações.

“Minha mãe me ensinou, você não vai a um hotel com um estranho. Se alguém atende a porta com um roupão e é um encontro de negócios, vá com mais alguém. Eu acho que algumas coisas são senso comum. Ou se você vai, consiga o emprego. Eu provavelmente vou ser morta por dizer isso… Eu sou canadense, só estou falando o que eu acho, ok? Me desculpe. Não sou politicamente correta”, disparou a atriz.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio