Bruno Ganz, ator suíço cuja carreira engloba TV, cinema e teatro, morreu na última sexta-feira (15), aos 77 anos, em sua residência em Zurique.

A Casa que Jack Construiu | Matt Dillon considera que o brutal novo filme de Lars von Trier é uma obra de arte

Ganz é conhecido internacionalmente por sua performance memorável como Adolf Hitler em A Queda – As Últimas Horas de Hitler, que explora os últimos momentos do ditador nazista antes de seu suicídio. Ganz recebeu diversos prêmios por sua atuação no longa, e chegou a ser indicado ao Oscar.


Nascido em 1941, o ator iniciou sua carreira no teatro alemão nos anos 70. No final da década e início dos anos 80, Ganz começou a atuar em produções internacionais, e ficou conhecido por seu carregado sotaque suíço e pela facilidade com a qual interpretava as emoções de seus personagens.

Bruno Ganz chegou a viralizar na internet com a cena mais icônica de A Queda: o momento em que Hitler percebe que não conseguiria vencer a Segunda Guerra Mundial, e explode em um desabafo cheio de ódio e emoção. Confira a cena legendada abaixo.

O ator também foi o último portador do Anel de Iffland, joia passada de artista para artista, utilizada para celebrar “o mais significativo e importante ator do teatro alemão”.

O último filme de Ganz foi A Casa Que Jack Construiu, novo longa de Lars Von Trier, lançado no final do ano passado. Na obra, Ganz interpreta a Morte.

Bruno Ganz foi diagnosticado com câncer estomacal no ano passado, e desde então vinha lutando contra a doença.