Leaving Neverland | Irmãos e sobrinho defendem Michael Jackson: “Tinha o coração de uma criança”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Três irmãos de Michael Jackson e seu sobrinho defenderam o falecido cantor contra as acusações de abuso sexual infantil feitas em Leaving Neverland, documentário de Dan Reed.

Aparecendo no CBS This Morning como parte do programa de três dias sobre o documentário, os Jacksons insistiram que o documentário é falso e os dois homens que estão fazendo as explosivas acusações estão mentindo na tentativa de obter dinheiro da propriedade de Michael Jackson.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu conhecia meu irmão”, disse Jackie Jackson. “Ele era meu irmãozinho. Eu conhecia meu irmão. Ele não era assim.”

Leaving Neverland se concentra nos acusadores de Jackson, Wade Robson e James Safechuck, que afirmam que Michael Jackson abusou sexualmente deles durante anos, quando eles eram crianças.

“Sempre foi sobre dinheiro”, disse Taj Jackson. “É como se eles tivessem recebido um cheque em branco. Essas pessoas acham que são donas de algo. Em vez de trabalhar, culpam meu tio por tudo.”

Marlon Jackson disse que o documentário “não está dizendo a verdade”.

“Não há nenhuma evidência que corrobore sua história”, disse Marlon. “E eles não estão interessados em fazer isso.”

A co-âncora da CBS This Morning, Gayle King, perguntou aos Jacksons sobre as famosas “pernoites” de Michael Jackson com crianças. Os irmãos e sobrinhos reforçaram que as “festas do pijama” eram inocentes. Marlon Jackson até criticou a descrição feita por Gayle King de Michael “compartilhando sua cama” como tendo conotações indesejáveis.

“Eu cresci na cama do meu tio, então para mim não foi estranho”, disse Taj Jackson. “Para o mundo exterior, sim, acho que pode ser estranho. Não sou alheio ao que parece. Mas quando você está realmente nessa atmosfera e está por perto, assistindo filmes como Os Batutinhas e Os Três Patetas, é tudo muito inocente. Acho que o problema com meu tio é que ele não tinha maldade para perceber o que parecia. A sua ingenuidade foi sua queda, de certa forma.”

Jackie Jackson acrescentou: “Michael sempre teve o coração de uma criança.”

Leaving Neverland | Espólio de Michael Jackson processa HBO pelo documentário

A sinopse do documentário diz: “No auge de seu estrelato, Michael Jackson começou relacionamentos duradouros com dois garotos de 7 e 10 anos e suas famílias. Agora com 30 anos, eles contam a história de como foram abusados ​​sexualmente por Jackson e como chegaram a um acordo para ficarem calados anos depois.”

Ações judiciais movidas por Robson e Safechuck contra Jackson foram rejeitadas por um juiz em Los Angeles em 2017.

Leaving Neverland será exibido em duas partes na HBO, nos dias 3 e 4 de março.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio