Polícia de Chicago afirma ter “muitas evidências” contra Jussie Smollett, de Empire

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O caso de Jussie Smollett, de Empire, acusado de orquestrar um crime de ódio contra si mesmo para ganhar um maior salário, pode ser mais grave do que é noticiado. Ao menos, é isso que afirmam as autoridades de Chicago.

O superintendente da polícia de Chicago, Eddie Johnson, esteve no Good Morning America nesta segunda (25). No programa, relembrou que o ator tem a presunção da inocência durante as investigações, mas afirma que há mais para aparecer.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Há muitas evidências que ainda não foram apresentadas que não sustentam a versão que eles no relatou. Há ainda evidências físicas, de vídeo, e testemunhos que simplesmente não corroboram o que ele nos passou”, declarou a autoridade.

Terrence Howard, astro da série Empire, defende Jussie Smollett: “Nós te amamos”

Além disso, Johnson garante que o cheque de US$ 3,5 mil dado por Jussie Smolett aos irmãos Osundairo era para orquestrar o ataque. Anteriormente, o TMZ informou que o dinheiro foi concedido para pagamento de plano de academia e para a contratação de nutricionistas.

As investigações no caso de Jussie Smollett continuam. No final de janeiro, o ator disse ter sofrido um ataque racial e homofóbico por dois homens. Nesse momento, a linha de investigação é de que o famoso forjou o ataque.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio