Filha de Michael Jackson revela trauma: “Tenho alucinações”

Paparazzi deixaram Paris Jackson traumatizada

Publicado em 15/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Paris Jackson, filha de Michael Jackson, recentemente falou sobre trauma desenvolvido quando era ainda criança, em razão dos paparazzi que seguiam seu pai.

Aos 23 anos, ela conversou com Willow Smith, filha de Will Smith, no programa Red Table Talk (via PopCulture) e falou sobre como os fotógrafos de tabloides causaram um impacto que ela sente até hoje.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu tenho alucinações auditivas às vezes com cliques de câmeras e paranoia severa e tenho feito terapia para muitas coisas, incluindo isso”, disse a filha de Michael Jackson.

“Eu sinto pânico ao ouvir o barulho de sacos de lixo”, continuou Paris Jackson.

No programa, a filha de Michael Jackson também fala sobre sua sexualidade, algo que seu pai “percebeu logo cedo”, segundo Paris.

Michael Jackson quase deixou filhos para cantora

Michael Jackson teve um forte relacionamento com Diana Ross. Não era sexual, mas ele a via como ídolo. Por essa razão, ele quase deixou seus filhos para ela.

O biógrafo e amigo próximo de Michael Jackson, J. Randy Taraborrelli, escreveu no seu livro, Call Me Miss Ross, sobre quando Jackson e Ross se conheceram.

“Eu era mais velha que ele. Ele meio que me idolatrava e queria cantar como eu”, disse a cantora (via Express).

Na autobiografia de Michael Jackson, ele chegou a chamar Diana Ross de: “minha mãe, amante e irmã todas em uma só”.

Eles permaneceram amigos até a morte do Rei do Pop, em 25 de junho de 2009. Após o seu falecimento, foi revelado que Michael nomeou Diana como guardiã de seus filhos, caso ele e a sua mãe, Katherine Jackson, morresse.

O testamento foi escrito em 2002, muito antes de Michael adoecer. Mas a guarda dos filhos do Rei do Pop não passaram para Diana Ross.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio