Todo o Dinheiro do Mundo | Michelle Williams foi paga menos de US$ 1 mil por refilmagens

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Michelle Williams e Mark Wahlberg estão entre os atores que tiveram que retornar para o set de filmagens de Todo o Dinheiro do Mundo após a demissão de Kevin Spacey do filme, em meio a acusações de assédio.

Embora tanto Williams quanto o diretor Ridley Scott digam que o elenco todo concordou em refilmas as cenas de graça, fontes do USA Today revelaram uma disparidade de pagamento impressionante entre a atriz e seu colega Wahlberg.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo o USA Today, que falou com uma fonte “de dentro da produção”, Wahlberg e seus agentes negociaram um pagamento de US$ 1.5 milhão (R$ 4.7 milhões) pelas refilmagens, enquanto Williams foi paga US$ 80 (R$ 259) por dia, resultando em menos de US$ 1 mil (R$ 3.2 mil) no total.

Como o USA Today ainda aponta, a informação é particularmente perturbadora porque Wahlberg e Williams são representados pela mesma empresa de agentes, a WME.

No filme, Christopher Plummer interpreta J. Paul Getty no lugar de Kevin Spacey – um dos homens mais ricos do século XX, ele causou polêmica ao inicialmente se recusar a pagar o resgate de seu neto, que foi sequestrado por bandidos.

A substituição de Spacey, que é bem mais novo do que Getty era na época e usava pesada maquiagem para encarnar o papel, veio após denúncias de assédio sexual e pedofilia contra o ator.

Todo O Dinheiro do Mundo estreará nos cinemas americanos em 22 de dezembro de 2017, sem previsão no Brasil.

Plummer confessa que “foi difícil” substituir Spacey

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio