Seth McFarlane acha que o Oscar esnoba comédias. O criador da série Uma Família da Pesada, conhecido também por filmes como Ted e Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola, usou o Twitter para fazer sua reclamação.

“Eis aqui um grande problema com o Oscar que ninguém comenta”, disse. “99% dos indicados são drama. Até que algo como Missão Madrinha de Casamento ou Apertem os Cintos, o Piloto Sumiu! consiga ganhar Melhor Filme, ou mesmo ser indicado, o prêmio continua incompleto. Corra! é um respiro de ar fresco, mas é a exceção”.

Os 5 melhores looks do Oscar 2018 (e os 5 piores)


Um seguidor apontou que Lady Bird: A Hora de Voar e Três Anúncios Para Um Crime tinham elementos de comédia, ao que McFarlane respondeu: “Eles são uma história dramática. Estou falando de uma comédia desavergonhada”.

Outro seguidor perguntou “qual comédia já teve qualidade o bastante para vencer Melhor Filme”, ao que McFarlane listou: Arthur, o Milionário Sedutor (1981), Tootsie (1982), Um Visto Para o Céu (1991), A Pequena Loja dos Horrores (1986), De Volta Para o Futuro (1985).