Após o sucesso de Grease: Nos Tempos da Brilhantina (1978), fãs acabaram se decepcionando com a continuação lançada em 1982, com quase nenhum dos integrantes do elenco original.

No entanto, segundo Didi Conn, que interpretou Frenchy no clássico, o filme quase teve uma sequência bem diferente, que provavelmente teria agradado mais ao público.

“Sabe naquela cena no parque de diversões no final, quando os meninos estão jogando tortas no professor e ele grita: ‘Vejo vocês na escola de verão’? Aquele era para o gancho para o próximo filme, com todo o elenco na escola de verão”, revelou Conn ao Good Morning Britain.


“Acontece que a Paramount assistiu ao filme e falou: ‘Não, obrigado. Isso aqui vai ser um sucesso modesto, não vamos fazer uma continuação’. Logo, quando Grease virou um fenômeno e eles tentaram reunir todo mundo para fazer a sequência, John [Travolta] e Olivia [Newton-John] estavam ocupados”, completou.

Olivia Newton-John se abre sobre retorno do câncer de mama: “Às vezes é deprimente”

No musical original dirigido por Randal Kleiser, Travolta e Newton-John interpretam um jovem casal apaixonado, mas separado pelos grupos sociais dos quais fazem parte no colégio em que estudam.

Já na sequência, a história se repete com os novos personagens de Michelle Pfeiffer e Maxwell Caulfield – mas, dessa vez, é a moça que é popular e o rapaz que não se encaixa em seus padrões.