Acusado de assédio, John Lasseter – produtor e diretor que ficou conhecido por seu trabalho no primeiro Toy Story -, teve seu desligamento da Disney e da Pixar anunciado no começo de junho.

Foi dito que ele só se desligaria dos dois estúdios em dezembro, mas seus substitutos já foram divulgados. Como previsto, Jennifer Lee, diretora de Frozen, e Pete Docter, que dirigiu Up: Altas Aventuras, foram os escolhidos.

Lee ocupará a cadeira de Lasseter na Walt Disney Animation Studios e Docter fará a função na Pixar Animation Studios.


No comunicado, Alan Horn, presidente do Walt Disney Studios, disse que Jennifer Lee e Pete Docter são “são dois dos mais talentosos cineastas e contadores de histórias com quem já tive o prazer de trabalhar”. Ele continuou com os elogios: “Pete, a força criativa genial por trás da Up, Divertidamente e Monstros S.A., tem sido parte integrante da Pixar desde o começo e é uma grande parte de seu sucesso líder no setor. Jenn, ao trazer sua visão audaciosa para Frozen, ajudou a infundir a Disney Animation com uma perspectiva nova e excitante. Cada um deles incorpora o espírito único, a cultura e os valores desses renomados estúdios de animação, e eu não poderia estar mais feliz em tê-los para nos levar para o futuro”, finalizou.

Depois de Viva: TODOS os filmes da Pixar que chegarão nos próximos anos

As acusações contra Lasseter surgiram no fim do ano passado e o produtor chegou a se desculpar por “abraços não consentidos” que ele teria dado. Fontes da Varity ainda alegam que Lasseter costumava se embriagar e tratar mal os funcionários.