Os filmes de O Senhor dos Anéis, de Peter Jackson, foram um marco na História do Cinema, abrindo caminho para muitas outras produções do gênero, incluindo Game of Thrones. Aogra, o jornalista Ian Nathan, publicou um livro, Anything You Can Imagine: Peter Jackson and the Making of Middle-Earth, trazendo detalhes sobre as filmagens de O Senhor dos Anéis.

A EW, então, separou alguns fatos detalhados no livro, que certamente devem aguçar a curiosidade dos fãs.

Viggo Mortensen, o Aragorn, poderia ter morrido nas filmagens:


Um dos pontos detalhados no livro é como Viggo Mortensen correu sério risco de vida durante as gravações da cena frente ao Portão Negro de Mordor. A cena precisou ser gravada em um local onde testes de artilharia eram feitos pelo exército da Nova Zelândia e estava coberto de projéteis de artilharia que não explodiram. O exército do país chegou a delimitar uma área segura para as filmagens (vários soldados chegaram a aparecer no filme como orcs), mas Mortensen acaba cavalgando para fora dessa área.

“Jackson se lembra de esperar pela explosão”, diz o livro. “Eles acharam o Aragorn perfeito e iam acabar vendo ele ser explodido por uma bomba da Nova Zelândia”.

Felizmente, o pior cenário não se tornou realidade e Mortensen continua vivo e inteiro.

Andy Serkis, o Gollum, era antissocial dentro e fora de cena:

A fim de entrar na mente de seu personagem, Andy Serkis partiu em uma viagem por um rio da Nova Zelândia apenas levando um livro de J.R.R. Tolkien. A viagem não acabou bem, como diz o escritor.

“Ensopado e com pouca comida, [Serkis] teve de ser resgatado”, escreveu Nathan.

Sean Bean e Orlando Bloom tiveram de dormir na casa de uma idosa senhora:

Uma das cenas do filme traria uma sequência de batalha próxima a um rio perto de Queenstown, na Nova Zelândia, mas uma temstade acabou alagando o local, prevenindo eles de filmarem. O elenco e equipe acabaram se separando e, sozinhos, Sean Bean (Boromir) e Orlando Bloom (Legolas) tiveram de dormir na casa de uma velhinha por quatro dias, até os helicópteros de resgate chegarem.

Uma famosa frase quase não entrou no filme:

Revisões nos diálogos eram comuns durante a produção e o roteiro parecia nunca estar pronto de fato. Acontece que uma das mais famosas frases da trilogia “one does not simply walk into mordor”, que gerou incontáveis memes ao longo desses últimos anos, foi resultado de uma dessas adições de últimos minutos.

“O diálogo estava escrito em um pedaço de papel e literalmente estava apoiado em seu joelho”, revelou Nathan.

O autor ainda diz que é possível ver, na cena, Bean olhando sutilmente para baixo.

Os Beatles queriam fazer um filme de O Senhor dos Anéis e os atores homenagearam isso:

Nos anos 1960, os Beatles tentaram fazer sua própria versão de O Senhor dos Anéis em filme. Sabendo disso, e levando em conta o amor de Peter Jackson pela banda, Sean Astin, Elijah Wood, Dominic Monaghan e Billy Boyd deram ao diretor uma foto com os quatro vestidos com roupas de Hobbit, mas na pose de John, Paul, George e Ringo, com “The Hobbits” escrito na bateria.

O Senhor dos Anéis | Peter Jackson está empolgado para ver a série da Amazon