Recentemente, uma arte conceitual (pode ser vista abaixo) revelou que a Vespa, vivida no universo Marvel por Evangeline Lilly, quase apareceu no final de Capitão América: Guerra Civil.

Para o livro sobre os 10 anos do Universo Marvel nos Cinemas, a atriz se disse feliz e aliviada por não ter aparecido no filme que reuniu os principais heróis dos quadrinhos. Para ela, não seria o melhor desenvolvimento da personagem.

“Eu fiquei um pouco preocupada porque ela seria introduzida em uma história que não tem nada a ver com ela ou com Hope Van Dyne assumindo o manto da Vespa. Eu ficaria um pouco nervosa e desapontada se a primeira heroína da Marvel não tivesse um filme de origem. Então, a Marvel me chamou e disse, ‘Não vamos usar mais você em Capitão América: Guerra Civil’, e eu pensei, ‘Woohoo! Isso é ótimo!’. Eles disseram ainda, ‘Não fique chateada, nos deixe explicar, nós queremos dar a ela um filme de origem. Nós queremos fazer um grande momento o filme dela’. E eu estava bem na frente deles e pronta pra que isso acontecesse'”, relatou a atriz.


Vingadores 4 | Ator acredita que personagem de Homem-Formiga e a Vespa pode derrotar Thanos

No fim, a personagem ganhou a sua história de origem e vestiu o manto pela primeira vez em Homem-Formiga e a Vespa.

Homem-Formiga e a Vespa, de Peyton Reed, traz de volta Paul Rudd, Evangeline Lilly, Michael Douglas e Michael Peña. O filme trouxe Michelle Pfeiffer, Laurence Fishburne e Hannah John-Kamen como principais adições.

Neste mês, o longa da Marvel ganhará a versão em DVD e blu-ray, que ainda não tem previsão de lançamento no Brasil.