O primeiro filme de Crepúsculo, que simplesmente recebe o nome da saga, completou 10 anos de lançamento nesta semana. Ao The Hollywood Reporter, a diretora Catherine Hardwicke contou o que mudaria no filme.

Ao contrário de declarações do elenco, que acredita que a história foi feita como deveria, a diretora tem arrependimentos e reclamações a fazer. Uma delas foi sobre os locais de gravações.

“Eu queria filmar em Forks, o cenário do livro porque queria ser fiel a ele, mas isso foi proibitivo. Nós pudemos apenas criar e recriar elementos da cidade. Nós fizemos tudo que pudemos, e Portland não era tão longe. Eu queria filmar na praia real de La Push, que é maravilhosa, mas nós filmamos em outra praia do Oregon”, recorda a diretora.


Crepúsculo | Robert Pattinson e Kristen Stewart falam sobre os 10 anos da saga

Catherine Hardwicke ainda apontou que a saga trouxe uma protagonista feminina, vivida por Kristen Stewart, mas o estúdio não respeitou o mesmo com a direção.

“Duas sequências de Crepúsculo, as duas de Divergente e as duas de Jogos Vorazes foram dirigidas por homens. Eles carregaram tanto a história da protagonista feminina, mas não seguiram com mulheres na direção. Por que não seguiram outras mulheres? É louco as pessoas acharem que uma mulher não pode dirigir filmes de ação”, destacou a diretora.

Em seu lançamento, Crepúsculo arrecadou US$ 393 milhões com um baixo orçamento, logo se tornando um hit. A franquia teve continuidade com outros quatro longas, com o último lançado em 2012.