Em entrevista o site Empire, Neil Marshall, responsável pelo reboot de Hellboy, afirmou que o filme será carregado de temas sombrios, e não vai poupar a audiência de um espetáculo repleto de sangue e violência.

Star Wars | Ron Perlman, o primeiro Hellboy, quer participar de filme da franquia

“Algumas das coisas que vamos mostrar nesse filme são realmente doentias. Ele será bem mais violento e sangrento do que qualquer outra versão”, afirmou o diretor.


Marshall também elogiou a liberdade criativa que pôde contar na produção do filme. Ele afirmou que não sofreu muitas podas em sua visão do anti-herói.

“Nós não precisamos de algemas dessa vez”, afirmou Marshall.

Dirigido por Neil Marshall (Game of Thrones), o filme trará novamente a história de Hellboy (David Harbour), o filho de demônios que escapa do inferno para se tornar um herói após ser criado pelo benevolente Professor Bruttenholm. A vilã da vez será a feiticeira Nimue, conhecida como a Rainha de Sangue (Milla Jovovich).

Alice Monaghan é o interesse romântico da vez e o Major Ben Daimio, um valioso aliado do herói. O elenco ainda conta com Penelope Mitchell, que será Ganeida, uma poderosa feiticeira.

A estreia de Hellboy está marcada para 11 de janeiro de 2019.