A Mula | Terceira idade dá uma das melhores estreias para Clint Eastwood nos EUA

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Mula, mais novo filme de Clint Eastwood, trouxe um dado curioso. Mais de 50% das pessoas que viram o filme nos Estados Unidos, possuem 55 anos ou mais.

Essa força da terceira idade fez o filme chegar a arrecadação de US$ 17,2 milhões, sendo o segundo mais visto dos EUA no final de semana. É a terceira melhor estreia do veterano como diretor desde Cowboys do Espaço, de 2000.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As duas primeiras posições ainda são de Sniper American, com US$ 89 milhões, em 2015, e Sully, com US$ 35 milhões em 2016.

O que também chama atenção é que 80% do público que viu o filme na América do Norte tem mais de 35 anos. A Warner comemorou o fato, afirmando que a audiência de Clint Westood está envelhecendo, mas que continua a querer ver o que o diretor e ator tem a mostrar.

Filhos de Clint Eastwood se reúnem com irmã entregue para adoção em lançamento de A Mula

Aos 88 anos, Eastwood assume a direção e o protagonismo do filme, sendo sua primeira atuação desde Curvas da Vida. O veterano estará ao lado de Bradley Cooper, com quem trabalhou em Sniper Americano.

A trama baseada em história real vai acompanhar Earl Stone (Eastwood), um veterano do exército americano que, ao voltar da guerra, se tornou um horticultor premiado.

No entanto, quando Sharp tinha 87 anos de idade, um agente do DEA (Cooper) descobriu que ele também traficava drogas em nome do Castel de Sinaloa, no México. Sharp foi preso em 2011 e, apesar de seu advogado argumentar que ele não poderia ser preso por conta de sua idade e demência, foi condenado a dois anos de cadeia. Ele morreria em 2016, aos 92.

O elenco ainda conta com Laurence Fishburne, Dianne Wiest, Taissa Farmiga, Michael Peña e Andy Garcia.

A Mula não tem previsão de estreia no Brasil.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio