Embora Ron Perlman tenha sido bastante elogiado em sua atuação como o herói Hellboy no filme dirigido por Guillermo del Toro, inicialmente os estúdios não estavam interessados em ter o ator como protagonista de uma adaptação dos quadrinhos.

É o que revelou o próprio Perlman durante uma entrevista ao EW. “Eu disse para ele deixar isso pra lá, ‘Você tem uma ótima ideia e Deus te abençoe, mas isso nunca vai acontecer'” explicou o ator.

Entretanto, del Toro insistiu na ideia de ter Perlman como protagonista do filme e, depois do sucesso de Blade II, os estúdios se tornaram mais receptivos à visão do diretor. “Por sete anos ele ia nessas reuniões [com estúdios] e dizia ‘Ron Perlman’. Blade II abriu com US$ 40 milhões e todos queriam fazer o próximo filme de Guillermo e ele disse pra si mesmo ‘Se eu vou fazer um filme do Hellboy com Ron, essa é a chance'”.


Hellboy foi lançado em 2004 e em 2008 ganhou uma continuação.

Hellboy | Diretor revela que não vai faltar violência e sangue no reboot

Atualmente, Hellboy passa por um reboot nos cinemas que deve estrear no próximo ano.

Dirigido por Neil Marshall (Game of Thrones), o reboot trará novamente a história de Hellboy (David Harbour), o filho de demônios que escapa do inferno para se tornar um herói após ser criado pelo benevolente Professor Bruttenholm. A vilã da vez será a feiticeira Nimue, conhecida como a Rainha de Sangue (Milla Jovovich).

Alice Monaghan é o interesse romântico da vez e o Major Ben Daimio, um valioso aliado do herói. O elenco ainda conta com Penelope Mitchell, que será Ganeida, uma poderosa feiticeira.

A estreia de Hellboy está marcada para 11 de janeiro de 2019.