Número de policiais ultrapassa o de manifestantes na estreia do documentário sobre Michael Jackson em Sundance

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O documentário Leaving Neverland, sobre os supostos abusos sexuais cometidos por Michael Jackson, já estava causando polêmica antes mesmo da estreia. A polícia da cidade que sedia o Festival de Sundance se preparou para protestos e confusão, mas o número de policiais acabou ultrapassando o de manifestantes.

Polícia teme protestos e confusão na exibição do documentário de Michael Jackson em Sundance

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mesmo com maior presença policial, alguns manifestantes foram ao evento para protestar contra a maneira como o Rei do Pop é mostrado no filme.

“Eu estou aqui para defendê-lo. É importante que as pessoas observem os fatos, porque a verdade não é preta e branca”, afirmou Brenda Jenkyns, fã do cantor.

O número de manifestantes não foi tão alto como esperava a polícia da cidade, mas de acordo com uma fonte oficial, os ânimos em Sundance continuavam exaltados.

“Tensões estão altas, nunca vi nada assim acontecer antes em Sundance”, afirmou o policial.

Uma fã do cantor veio diretamente do Canadá para protestar contra o documentário.

“Esse filme não é sobre dar voz para as vítimas. As pessoas que são mostradas nele já prestaram depoimentos em tribunais e foram desmascaradas. Eles estão tentando ganhar dinheiro, pois se o Michael Jackson ainda estivesse vivo, isso seria considerado difamação”, opina Catherine Van Tighem.

Leaving Neverland será transmitido pela HBO na primavera desse ano.

A sinopse do documentário diz: “No auge de seu estrelato, Michael Jackson começou relacionamentos duradouros com dois garotos de 7 e 10 anos e suas famílias. Agora com 30 anos, eles contam a história de como foram abusados ​​sexualmente por Jackson e como chegaram a um acordo para ficarem calados anos depois.”

O documentário traz entrevistas com James Safechuck e Wade Robson, que alegam ter sido molestados por Michael Jackson quando ainda eram crianças.

Ações judiciais movidas por Robson e Safechuck contra Jackson foram rejeitadas por um juiz em Los Angeles em 2017.

O Festival Sundance de Cinema acontece em Park City, em Utah, a partir de 24 de janeiro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio