Embora Robert DeNiro já tenha manifestado interesse em atuar em uma sequência de seu clássico filme Taxi Driver, o público não vai ganhar uma continuação do longa tão cedo.

Roteirista de Taxi Driver diz que público atual é culpado pela falta de “filmes sérios”

Os boatos de uma possível continuação aumentaram quando DeNiro se juntou a Martin Scorsese pela nona vez na produção do filme The Irishman, na Netflix. Em entrevista ao site Collider durante o Festival de Cinema de Marrakesh, o ator reafirmou seu interesse na ideia, mas acabou com as esperanças dos fãs do clássico.


“Por anos eu pensei que podíamos juntar a equipe de novo e fazer algo. Mas nunca deu certo. Eu acho que pode ser interessante voltar para meu personagem, ver o que aconteceu com ele. No entanto, nós nunca conseguimos decidir como fazer isso”, contou DeNiro.

Taxi Driver foi lançado em 1976, e é considerado um marco da Nova Era de Hollywood. O filme foi indicado para inúmeras premiações, e o personagem de DeNiro entrou para o imaginário popular americano.

The Irishman, nova parceria entre Scorsese e DeNiro, estreia na Netflix nesse ano, ainda sem data específica.