Mais do que você gosta.

Publicidade

Contém spoilers

Casa Gucci traz referências de O Poderoso Chefão

Filme com Lady Gaga tem também Al Pacino no elenco

Publicado por Alexandre Guglielmelli

01/12/2021 08:00

Sucesso nos cinemas, Casa Gucci tem referências de O Poderoso Chefão, e nessas conexões, prova que seu grande trunfo é a irreverência. Quem já conferiu a trama do longa de Lady Gaga concorda: Casa Gucci pode até não ser um filme extremamente sério, mas é realmente divertido.

Baseado em um caso real e ambientado entre os anos 70 e 90, Casa Gucci retrata os eventos e consequências do assassinato de Maurizio Gucci, orquestrado por sua esposa Patrizia.

Continua depois da publicidade

Casa Gucci se destaca por seu impressionante elenco de estrelas, formado por Lady Gaga, Jared Leto, Jeremy Irons, Al Pacino, Salma Hayek e Adam Driver.

Embora o filme tenha desagradado a crítica especializada por seu caráter camp, fãs conseguiram entender perfeitamente a estética e tom de Casa Gucci – um estilo irreverente e escandaloso.

As referências de O Poderoso Chefão em Casa Gucci

A natureza camp – irreverente, extravagante e excêntrica – de Casa Gucci foi elogiada e criticada pela empresa especializada.

É extremamente difícil entender o filme de Ridley Scott em uma análise literal. Quem espera por um filme sério, sombrio e extremamente fiel à vida real, vai se decepcionar muito.

Afinal de contas, em Casa Gucci, a seriedade está longe de ser um aspecto importante. Na verdade, Casa Gucci foi criado – e deve ser encarado – como um filme divertido e irreverente. E as referências a O Poderoso Chefão provam que o longa entende seu próprio humor.

Na trama de Casa Gucci, o personagem de Jared Leto é a ovelha negra da família.

A caracterização de Paolo Gucci, o herdeiro da família, é bastante interessante. O personagem acredita em seus próprios talentos e cultiva uma visão otimista do futuro – mesmo cercado por mercenários dispostos a tudo para garantir poder e dinheiro.

Após tentar assustar Aldo com a revelação do esquema de sonegação de impostos, Paolo acaba enviando o personagem de Al Pacino para a cadeia.

Mesmo após a traição, Aldo abraça e perdoa Paolo, dizendo ao filho que ele é o um idiota, mas é o “idiota dele”.

Se Casa Gucci não fosse um filme com boa dose de humor, audiências esperariam por uma referência mais direta a O Poderoso Chefão, com Pacino dizendo “eu sei que foi você” antes de ordenar o assassinato do filho.

Mas como o filme de Ridley Scott aposta em uma abordagem mais divertida, Paolo se estabelece como uma “caricatura idiota” de Fredo – mostrando aos espectadores que Casa Gucci não deseja se tornar “o novo Poderoso Chefão”.

Tanto Pacino quanto Leto se encaixam perfeitamente no caráter camp de Casa Gucci. Pacino basicamente interpreta uma versão mais velha – e mais fashion de Michael.

A principal diferença é o fato dos atores de Casa Gucci proporcionarem ao público performances exageradas, escandalosas e excêntricas, o que dá ao filme um nível ainda maior de diversão e deslumbramento.

Casa Gucci está em cartaz nos cinemas brasileiros.

Publicidade