Mais do que você gosta.

Publicidade

Triste

Final original de Continência ao Amor era muito mais trágico

Executivos da Netflix não queriam um final sombrio

Publicado por Guilherme Coral

05/08/2022 20:30

Alerta de spoilers

Continência ao Amor é o novo romance da Netflix, que faz bastante sucesso na plataforma. O filme poderia ter deixado os fãs ainda mais aflitos, caso tivesse mantido o desfecho original.

O filme gira em torno de dois jovens, Cassie (Sofia Carson) e Luke (Nicholas Galitzine), que decidem se casar. A reviravolta, no entanto, é que o casamento de Cassie e Luke decorre não do amor, mas de seu desejo mútuo pelos benefícios militares que vêm junto com o casamento.

Continua depois da publicidade

Ao longo de Continência ao Amor, os dois acabam se apaixonando depois que Luke é ferido em combate, colocando-os a uma posição muito mais íntima em seu relacionamento.

No final do filme, o amor dos dois é ameaçado quando alguém os denuncia pela motivação insincera por trás de seu casamento.

Quando levado a julgamento, Luke acaba se declarando culpado do casamento ilegal, cumprindo uma sentença de seis meses de prisão e enfrentando uma dispensa desonrosa.

Mas o filme não termina aí. Nos momentos finais vemos uma reunião emocionante e uma doce cena pós-créditos, que deixa claro que Cassie e Luke estão agora em um casamento real pautado no amor, em vez de motivado pelos benefícios militares.

O final original de Continência ao Amor

Surpreendentemente, em entrevista à Remezcla, Sofia Carson disse que esse final feliz nem sempre foi o plano para Continência ao Amor.

“Tínhamos terminado o filme com o final de Luke sendo levado para a prisão e Cassie esperando por ele no portão, esperando que ele voltasse para casa. Os executivos da Netflix acharam importante que o público pudesse ver Cassie e Luke novamente”, disse Carson.

“Foi tão catártico e tão bonito vê-los juntos porque você realmente se apaixona por eles. E é uma sensação tão linda ver o final feliz”, continuou a atriz.

O novo desfecho, sem dúvidas, é muito mais romântico e esperançoso, mas, tirando o tempo que ele passou na prisão, deixa os dois quase impunes pelo que fizeram.

Continência ao Amor, com Sofia Carson, está na Netflix.

Sobre o autor

Guilherme Coral

Guilherme Coral

Refugiado de uma galáxia muito muito distante, caí neste planeta do setor 2814 por engano. Fui levado, graças à paixão por filmes e séries, ao curso de Cinema e Audiovisual e atualmente me aventuro pela faculdade de Jornalismo.

Publicidade