Mais do que você gosta.

Publicidade

Chocante

Harry Potter tem um detalhe assustador que só os adultos percebem

A saga está disponível no HBO Max

Publicado por Guilherme Coral

04/08/2022 11:24

Alguns aspectos da saga Harry Potter não envelheceram nada bem, tanto nos filmes, quanto nos livros (especialmente se levarmos em conta a autora). Mas há um detalhe em específico que somente os adultos percebem.

No segundo livro/filme somos introduzidos a Dobby, o elfo doméstico dos Malfoy, que tenta de tudo para que Harry não vá para Hogwarts naquele ano.

Continua depois da publicidade

No fim, descobrimos que ele sabia sobre a abertura da Câmara Secreta, algo arquitetado por Lucius Malfoy, pai de Draco. É claro, no fim, Harry Potter consegue sair vitorioso e acaba com uma das horcruxes de Voldemort.

O que acaba passando batido por muitos fãs é que o livro introduz o conceito de escravidão nesse universo e todos os bruxos parecem aceitar isso de bom grado.

De fato, a escravidão dos elfos parece ser tão incrustada nessa sociedade, que eles são referidos por muitos como elfos domésticos, como se essa fosse a raça deles.

Escravidão em Harry Potter

Ao longo dos próximos livros, vemos que há outras famílias que também têm seus próprios elfos, como a de Sirius Black. Por sinal, Sirius, que é um queridinho dos fãs, trata horrivelmente mal Monstro, o elfo que o serve.

É somente no quarto livro que vemos Hermione lutando pela liberdade de tais criaturas, denotando ainda mais o grande problema nessa sociedade, visto que são poucos os que efetivamente abraçam a causa.

Para piorar, a maior parte dos bruxos poderia se virar facilmente sem alguém trabalhando para eles (mesmo fora de um regime de escravidão). Os Weasley, por exemplo, conseguem viver tranquilamente sem ajuda.

Isso sem falar que há magias para organizar a casa, limpar os pratos e mais. Portanto, o tratamento dos elfos em Harry Potter é pura crueldade.

Filmes de Harry Potter estão disponíveis pela HBO Max.

Sobre o autor

Guilherme Coral

Guilherme Coral

Refugiado de uma galáxia muito muito distante, caí neste planeta do setor 2814 por engano. Fui levado, graças à paixão por filmes e séries, ao curso de Cinema e Audiovisual e atualmente me aventuro pela faculdade de Jornalismo.

Publicidade