Mais do que você gosta.

Publicidade

Kong: A Ilha da Caveira | Diretor explica motivo do filme se passar em 1970

Publicado por Redação

29/12/2016 08:15

Desde 1933, sete filmes do King Kong foram lançados nos Estados Unidos e no Japão e o período de tempo mais associado com a história do gorila gigante é o início dos anos 1930, como visto no filme original e no remake de 2005, protagonizado por Naomi Watts.

Mas, o vindouro Kong: A Ilha da Caveira terá o seu diferencial, com a trama localizada durante a década de 1970, com a Guerra do Vietnã como pano de fundo. E o diretor Jordan Vogt-Roberts explicou o motivo da mudança.

Continua depois da publicidade

“O roteiro que li pela primeira vez se passava em 1917. Mas quando comecei a conversar com os caras do estúdio, sugeri: ‘Sabe que filme estranho de King Kong gostaria de ver?’ Então expliquei uma conexão com a Guerra do Vietnã, literalmente pensando que eles iam rir de mim”, disse Vogt-Roberts em entrevista (via Cinema Blend). “E então eles disseram: ‘Legal. Vamos descobrir’. A estética desse tempo misturado com King Kong resulta em um gênero incrível.”

Diretor do novo King Kong: “É um regresso ao filme de 1933”

Tom Hiddleston, Samuel L. Jackson, Brie Larson, Corey Hawkins, Jason Mitchell, John Goodman, Shea Whigham e John Ortiz formam o elenco principal.

Derek Connolly, roteirista de Jurassic World, assinou a última versão do script. A direção está a cargo de Jordan Vogt-Roberts (Os Reis do Verão).

O filme serve como prelúdio para a franquia, se passando em Detroit, no início dos anos 1970, e explorando o local de origem do gorila gigante, a Ilha da Caveira. O filme dará início ao universo compartilhado entre as criaturas gigantes dos estúdios, que culminará com o crossover Godzilla vs Kong, com lançamento previsto para 2020.

Kong: A Ilha da Caveira, chegará aos cinemas brasileiros em 9 de março de 2017.

Publicidade