Mais do que você gosta.

Publicidade

Gerou revolta

Líder da Warner se posiciona após cancelamento de Batgirl

Estúdio não estava confiante no projeto

Publicado por Gabriel Silveira

05/08/2022 09:12

O líder da Warner Bros. Discovery, David Zaslav, se posicionou após o cancelamento do filme da Batgirl.

Após uma decisão que gerou revolta nos fãs e pegando a mídia de surpresa, Zaslav, em reunião com acionistas realizada na quinta-feira (4), quebrou o silêncio.

Continua depois da publicidade

Segundo ele, o estúdio não estava muito confiante com o projeto, e por conta disso, decidiu descartar o filme (via ScreenRant).

“Não vamos lançar um filme até que esteja pronto. Não vamos lançar um filme para ganhar um quarto, e não vamos lançar um filme a menos que acreditemos nele”, disse Zaslav.

A DC terá seu estúdio próprio, assim como a Marvel, e Zaslav revelou um planejamento a longo prazo para a editora. A ideia é “proteger a marca DC”.

“O objetivo é fazer crescer a marca DC, fazer crescer os personagens DC, mas também o nosso trabalho é proteger a marca DC, e é isso que vamos fazer”, comentou ele.

Estúdio supostamente economizou US$ 20 milhões

Orçado em US$ 90 milhões e no período de pós-produção, Batgirl foi descartado pela Warner Bros. Discovery sem mais, nem menos.

No entanto, segundo aponta um novo relatório do Deadline, o estúdio estaria economizando US$ 20 milhões com o cancelamento do filme (via ComicBook).

O fato seria a redução de impostos neste valor, visto que o filme seria lançado nos cinemas, com uma campanha de marketing para o lançamento.

Sobre o autor

Gabriel Silveira

Gabriel Silveira

Estudante de jornalismo, apreciador da Sétima Arte e o maior fã do Batman de todos os tempos.

Publicidade